Sua melhor amiga está grávida? Então, você pode ser a próxima, de acordo com estudo!

Melhores amigas compartilham muitas coisas na vida e são eternas companheiras. Estão presentes uma para a outra e se mostram sempre dispostas a se deixar um pouquinho de lado quando necessário, para garantir que a outra esteja sempre bem.

A proximidade que temos de nossas amigas é realmente grande e muitas vezes nos inspiramos em suas escolhas para tomar decisões em nossas próprias vidas.

No entanto, mesmo quando não temos a intenção, as atitudes de nossas amigas podem refletir de maneiras poderosas em nossas vidas, inclusive quando se trata da criação de nossas próprias famílias.

Foi isso que mostrou um estudo realizado por Nicoletta Balbo (pesquisadora do Centro Carlo F. Dondena de Pesquisa sobre Dinâmica Social na Universidade Bocconi, na Itália) e Nicola Barban (socióloga da Universidade de Groningen, na Holanda), com jovens norte-americanas. As pesquisadoras chegaram à conclusão de que jovens mulheres cujos amigos do ensino médio tiveram um bebê são mais propensas a seguir o seu exemplo.

“Em nosso estudo, nos concentramos em amigas do ensino médio, porque quanto mais tarde uma amizade for formada, maior a probabilidade de o indivíduo escolher os amigos em planos familiares comuns ou orientações familiares comuns”, disse Nicoletta Balbo à Reuters Health por e-mail.

“Nós buscamos para díades (pares) de amigas para ver se a gravidez de uma delas aumentava a probabilidade da outra também ter um filho”, complementou.

Nicoletta e Nicola analisaram dados de um grande estudo americano que acompanhou milhares de participantes, começando quando eles eram adolescentes na década de 1990, e fazendo repetidas entrevistas ao longo dos anos. Seu foco principal foi em 1.170 mulheres, das quais 820 se tornaram mães durante o período do estudo.

Metade das gestações foi planejada e a outra metade foi intencional, de acordo com seus relatórios. A idade média dessas mulheres quando tiveram seus primeiros filhos era de 27 anos. Depois que tinham um bebê, a probabilidade da outra também engravidar era maior durante dois anos, depois diminuía novamente.

Nicoletta disse que há três mecanismos possíveis pelos quais uma amiga pode influenciar outra amiga em sua decisão de ter um filho.

“O primeiro mecanismo que pode estar em jogo é a chamada influência social. Todos nós nos comparamos com nossos amigos e estamos cercados de amigos que são pais que nos fazem sentir a pressão de estar em conformidade com esse status também.”

O segundo mecanismo potencial citado pela pesquisadora é o aprendizado social. “Amigos são uma importante fonte de aprendizado”, disse. “Tornar-se pai ou mãe é uma mudança radical na vida de um indivíduo ou de um casal e, observando nossos amigos, podemos aprender a cumprir esse novo papel e, portanto, estar mais dispostos a nos tornar pais.”

Nicoletta acrescentou que ter filhos ao mesmo tempo do que nossos amigos pode trazer muitas vantagens, como compartilhar momentos especiais e estar mais inserido dentro do grupo de amigos:

“Por exemplo, podemos compartilhar a experiência da gravidez e, assim, reduzir os estresses e custos associados a ela e à educação dos filhos. Em contraste, ser o único casal sem filhos dentro de um grupo de amigos que têm filhos pode levar ao isolamento.”

O estudo foi focado apenas com os filhos primogênitos, não foram estudados nascimentos posteriores, nem analisaram o impacto que o nascimento de filhos muito próximos pode trazer em maiores grupos de amigos.

O nascimento de um filho é um acontecimento muito importante, e com certeza poder celebrar esse momento junto com as nossas amigas é mais especial ainda!

Então, se você está esperando um bebê ou acabou de ganhá-lo, saiba que há uma chance muito grande de sua melhor amiga se inspirar em você para começar a própria família!

Marque sua amiga abaixo para que ela saiba da novidade e compartilhe o texto em suas redes sociais!


Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação desse material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: Mark Bowden/123RF Imagens.




Deixe seu comentário