Amor-PróprioRelacionamentos

Se você tem que insistir muito em alguém, é porque a pessoa não precisa de você

se você tem que insistir

O amor não pode ser mendigado. Se você tem que insistir muito para ter o mínimo de atenção de, é porque a pessoa não precisa ou não quer ter você em sua vida.



Ultimamente estou percebendo que, por mais que eu ame alguém e faça tudo que está ao meu alcance para que esse sentimento seja correspondido, nem sempre as coisas seguirão a minha vontade.

Eu compreendi que amor não pode nem deve ser mendigado, e que se você tem que insistir muito para ter o mínimo de atenção de uma pessoa, é porque ela realmente não precisa ou não quer ter você em sua vida. Nesses momentos, o melhor a fazer é levantar a cabeça, sabendo que fez a sua parte e buscar a própria felicidade, sem depender de ninguém.

Por isso, a partir de hoje, eu não vou mais insistir para que ninguém goste de mim.


Não vou mais desgastar o meu emocional com pessoas que não se importam comigo.

Dou uma bandeira branca a mim mesma, uma permissão para descansar e deixar de me importar. Nunca vou deixar de demonstrar os meus sentimentos, mas agora vou me abrir apenas com as pessoas certas, aqueles que não gostarem de mim naturalmente não me merecem, portanto, não me conhecerão mais profundamente.

É tão cansativo tentar fazer alguém gostar de você, adaptar sua rotina, seus gostos, seus pensamentos e até sonhos apenas para caber nas expectativas de alguém. Por um tempo eu pensei que estivesse agindo certo, mas agora enxergo que tudo que me afasta de mim mesma, de quem eu sou de verdade, não deve ter espaço em minha vida.

Por isso, agora eu valorizo a minha autenticidade acima de tudo e não vendo a minha paz por amores pequenos. Vivo bem comigo mesma e não dependo mais de ninguém para ser feliz e me amar. Se você quiser estar perto de mim e fazer parte da minha vida, ótimo, mas não conte que irei mendigar amor e atenção de quem não me merece.


Eu não vou mais insistir em ninguém, submetendo-me a amores unilaterais. Quem me ama e quer ficar perto de mim, deve aprender a me aceitar como eu sou, com defeitos e qualidades. Não sou e nunca serei perfeita, e não vou mais maquiar a realidade para ninguém.

Quero ter em minha vida alguém que me queira por quem eu sou, só assim poderei construir uma história de amor que valha a pena ser vivida.


Direitos autorais da imagem de capa: Peter Sjo / Unsplash


A borboleta e o burro – um conto sobre a beleza de ser e aceitar o que se é

Artigo Anterior

Depois da primeira mentira, toda verdade se torna duvidosa

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.