publicidade

5 diferenças entre amor verdadeiro e apego

Você está apaixonado por parceiro ou apenas apegado à ele? O amor pode ser complicado, mas este artigo explica algumas das diferenças entre o apego e amor verdadeiro. Esperamos que estas explicações te ajudem a nutrir seu relacionamento atual ou criar um baseado em amor genuíno no futuro.



1.O amor é altruísta, o apego é egoísta

Quando você está apaixonado, se concentra em fazer a outra pessoa feliz. Você está sempre pensando em maneiras de se certificar de que o seu parceiro se sinta amado. Você não discute sobre quem ajuda mais, ou briga para decidir quem deve lavar os pratos. Você não chantageia emocionalmente seu parceiro, tenta manipulá-lo, ou dominar o relacionamento.

Quando você está apenas apegado a alguém, foca sobre as maneiras através das quais ele pode fazer você feliz. Você se torna fortemente dependente de seu parceiro e pode até mesmo tentar controlá-lo para evitar o abandono. Em vez de confrontar os seus próprios problemas, você usa o seu parceiro para melhorar a sua autoestima e preencher um vazio dentro de você. Você acredita que eles são responsáveis por sua felicidade e fica frustrado e irritado se eles não conseguem lhe trazer satisfação.

5 diferenças entre amor verdadeiro


2.O amor é libertador, o apego é controlador

Amor mútuo lhe permite ser o seu verdadeiro eu. Seu parceiro te incentiva a ser quem você realmente é e você tem medo de expor suas fraquezas. A confiança mútua se desenvolve e se torna um poderoso catalisador para o crescimento pessoal para ambos. O amor nunca é controle. Na realidade, o amor transcende o controle. A capacidade do seu parceiro de aceitá-lo por quem você é e incentivá-lo a perseguir seus sonhos lhe permite deixar ir a necessidade de controlar a sua vida.


Apego, por outro lado, tende a estimular o comportamento de controle. Você pode desencorajar o seu parceiro de passar tempo com seus amigos, jogar, ou fazer as atividades que gosta. Você pode até tentar manipulá-lo para ficar com você, independentemente de seus sentimentos.


3.O amor é crescimento mútuo, apego é sobrecarregar

Se você está apaixonado, você e seu parceiro vão crescer juntos. Ambos trabalham para se tornarem as melhores versões de si mesmos, você se torna melhor do que poderia ser sozinho. Em suma, seu parceiro estimula o seu crescimento, e você faz o mesmo por ele.


Em casos de apego, o seu desejo de controlar e sua incapacidade de resolver seus próprios problemas restringe o seu crescimento, bem como o de seu parceiro. Os seus problemas não resolvidos causam dependência desnecessária da outra pessoa. Não surpreendentemente, isso restringe o crescimento de ambas as partes e torna difícil amar de uma forma saudável.


4.O amor é eterno, o apego é transitório

Amor sobrevive à passagem do tempo. Você e seu parceiro pode vir a terminar, seja temporária ou permanentemente. Se você estivesse realmente apaixonado, no entanto, essa pessoa teria sempre um lugar no seu coração e você continuaria a desejar-lhes bem pelo resto de sua vida.

Se, por outro lado, você estava apenas apegado a ela, provavelmente sentiria ressentimento depois de um rompimento. Você pode até mesmo experimentar sentimentos de traição. Estes sentimentos derivam do pressuposto de que seu parceiro tinha a obrigação de fazê-lo feliz, o que, em sua visão, não foi cumprido.


5.Amor é reduzir o ego, apego é impulsioná-lo

5 diferenças entre amor verdadeiro2

Quando apaixonado, você se torna menos egocêntrico. Seu relacionamento serve para reduzir o seu ego, promove o seu crescimento, e convida-o a tornar-se menos egoísta e mais amoroso. O relacionamento que você tem com o seu parceiro é um combustível para mudanças positivas para ambos. Mais importante, ambos têm a coragem de partilhar as suas fraquezas, expor suas vulnerabilidades, e comunicar-se com o coração.

Alternativamente, relacionamentos baseados em apego são tipicamente dominados pelo ego. É por isso que muitas pessoas caem repetidamente em um fluxo contínuo de relacionamentos insatisfatórios, cada um dos quais envolvendo os mesmos problemas recorrentes. Você acha difícil olhar para dentro e resolver seus problemas. Isso gera dependência dentro de seu relacionamento, o que desencadeia a sensação de que você não pode ser feliz sem o seu parceiro. Você confia na outra pessoa para resolver seus problemas ou, pelo menos, ajudá-lo a esquecê-los.

Se você não está apaixonado agora, esperamos sinceramente que encontre a sua alma gêmea e construa um magnífico relacionamento com essa pessoa. Até então, por que não trabalhar para se tornar uma versão melhor e mais amorosa de si mesmo? Como diz o ditado, “Semelhante atrai semelhante”. Se for esse o caso, é sábio se tornar a pessoa que você deseja atrair!

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Life Hack

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.