8 coisas que casais felizes não fazem

5min. de leitura

Ter um relacionamento feliz e saudável requer, além de amor, paciência e compreensão. E embora não haja uma regra para fazê-lo durar, existem algumas atitudes e comportamentos que são comuns em relacionamentos longínquos.



Geralmente aqueles que somam anos de relacionamento e vivem em perfeita harmonia, seguem estes preceitos:

1. Não contabilizam as coisas boas que fazem

Contabilizar o que um faz ou deixa de fazer, seja em situações ruins ou boas é o início de picuinhas que podem gerar brigas. Em um ambiente estabilizado, repleto de equilíbrio, ambos se ajudam e isso só contribui para a relação, ou seja, se após o jantar precisa lavar a louça, um lava e o outro seca, resolvendo juntos e de forma natural, tudo que deve ser feito no dia a dia.


2. Não dizem “eu” quando falam da relação

Casais que estão em harmonia evitam usar o pronome “eu”, preferindo o uso do “nós”. Afinal, o convívio faz com que os pensamentos parem de ser individuais e pessoais e comecem a serem entendidos como do casal, e isso é feito de forma natural, por exemplo, “os nossos planos de férias”, “nossa casa”, “nosso carro” ou “a nossa refeição preferida”.


3. Não dormem sem fazer as pazes

Nada pior do que dormir brigado com quem gostamos, o sono fica mais difícil e a noite parece não render, refletindo no dia seguinte à noite mal dormida. Passar uma noite sem fazer as pazes pode contribuir para que o casal se afaste com tempo, causando individualismo, egoísmo e frieza.



4. Não ficam frustrados, se não podem realizar os seus sonhos pessoais

Uma vida a dois, às vezes, implica em desistir de sonhos e interesses pessoais, mas esses não são esquecidos, apenas substituídos por planos feito a dois. Vale lembrar que apoiar seu companheiro faz parte do processo do amor duradouro.


5. Não pensam no problema, falam sobre ele

Em um relacionamento equilibrado e feliz, não existem espaços para picuinhas, desconfianças e especulações silenciosas. Esclareça qualquer situação ruim conversando, para não dar margem a dúvidas ou mal-entendidos. Manter o silêncio mediante os problemas é uma das principais causas de separação e brigas entre os casais. Por mais difícil que a situação pareça, sempre deve-se falar como se sente, sem magoar o parceiro.


6. Não discutem, debatem

O maior problema associado a isso são as brigas e as discussões desnecessárias. Quando há respeito mútuo, saber a hora de ouvir e também a hora de falar evita esse mal estar e permite que o casal coloque todos os problemas e opiniões sobre a mesa sem saírem magoados ou levando aquilo como crítica. Muitas vezes nos magoamos com as opiniões alheias, mas deve sempre lembrar que se alguém que nos ama e quer nos fazer crescer, está dando um conselho, principalmente é pela preocupação e a vontade de manter uma relação duradoura, saudável e repleta de amor e confiança.



7. Não fazem uma tempestade num copo de água

Respeitar os sentimentos e as vontades do seu companheiro é muito importante. Dramas desnecessários ou problemas tratados com gravidade maior do que necessária, podem acarretar em dores de cabeça desnecessárias e isso, automaticamente, afeta os dois e causa desequilíbrio.


8. Não enganam, são sinceros

Sinceridade é muito bom em um relacionamento, mas não confunda sinceridade com crítica ou opinião desnecessária. Não é saudável para o casal se magoar por exageros nas palavras. Busquem sempre serem verdadeiros um com o outro, mas sem exagerar, usar de grosseria, enganar ou mentir. Casais felizes não alimentam desconfiança e cultivam uma relação honesta..


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / rido

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.