publicidade

Casal se reencontra e se casa após quase 70 anos separados. Nunca deixaram de se amar!

Essa incrível história de amor com certeza serve de inspiração tanto para filmes românticos quanto para a vida. Venha entender como tudo aconteceu!



Depois de 68 anos separados, Fred Paul e Florence Harvey reencontraram-se, oficializando a tão esperada união, em agosto de 2020. O casal se conheceu em meados de 1952, numa pequena cidade do Canadá. Com a paixão à flor da pele, os jovens não se desgrudavam, indo a todos os eventos do local juntos.

Namoraram por dois anos e, todas as noites, Paul acendia as luzes de sua varanda, uma forma carinhosa e romântica de dizer “boa noite” à sua amada, que morava do outro lado da baía.

Direitos autorais: reprodução acervo/Frederick Paul.

Porém, a vida acabou separando esse jovem casal. Ao completar 18 anos, Paul mudou-se para Toronto, lá arranjou um emprego e, um ano depois, voltou para a cidade de Wandsworth, onde deixou sua amada. Assim que retornou, uma surpresa aconteceu: Harvey havia se mudado.

Com isso, o caminho desses dois jovens mudou completamente. Florence casou-se com Len, outro rapaz, e tiveram cinco filhos. Já Fred se casou com Helen, dessa união vieram dois filhos.

Em 2017, Harvey ficou viúva, seu marido Len faleceu em decorrência de um câncer. Dois anos depois, a esposa de Fred faleceu por diversos problemas de saúde. Assim que soube, Florence ligou para Paul, para tranquilizá-lo sobre a perda e de que tudo melhoraria com o tempo, afinal de contas, ela havia passado pela mesma situação anos atrás.


Foi a dor da morte de um ente querido que reaproximou os dois. Voltaram a conversar sobre a vida que tiveram enquanto estavam separados, a bonita família que construíram, os filhos, netos e relembraram a época da adolescência, com memórias felizes e alegres um do outro.

Harvey contou à CNN que a chama da paixão reacendeu e as conversas passaram de uma vez por semana para todos os dias, durante horas. Decidiu então fazer uma bela surpresa a Paul, indo a Toronto, onde finalmente se encontraram.  Assim que soube da amada na cidade, Fred, sempre romântico, escreveu “Seja bem-vinda, Florence” na calçada de sua casa e, quando ela chegou, ele a recebeu com um abraço e um beijo no rosto, segurando sua mão e tendo a real certeza de que se reconectaram profundamente.


Após 68 anos longe um do outro, o casal que havia se reencontrado havia três dias, resolveu então legitimar a união.

A família perguntou sobre a rapidez do casamento, mas isso não era problema para eles, pois mesmo passando quase sete décadas separados, o amor ainda estava presente no coração dos dois.

Direitos autorais: reprodução acervo/Frederick Paul.

Florence também relatou na linda cerimônia realizada na Norval United Church, em Georgetown, que Frederick foi o primeiro jovem a acompanhá-la até sua casa na adolescência e acha que, por tudo que viveram, será o último.

Histórias como essa nos fazem crer que o amor é o sentimento mais profundo e bonito que existe e nada o supera, quando é sentido de verdade.

O que achou desta linda história?

Comente abaixo e compartilhe o texto nas redes sociais!

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.