Criança adota um cão de rua para evitar estar sozinho e sua amizade comove milhares de pessoas



A história que contamos hoje mostra o poder da conexão entre pessoas e cães, especialmente crianças. Esses são dois dos seres mais puros, carinhosos e leais que podemos conhecer, e quando se juntam, podem transformar o mundo através de seu exemplo.

Um menino filipino de 11 chamado Rommel Quemenales está comovendo o mundo com uma amizade muito especial que fez com um cachorro de rua.

O caso dos dois amigos tocou os corações dos internautas e mostrou que uma amizade é realmente um dos maiores bens que temos na vida, principalmente se for recíproca.

Maria Kabs encontrou Rommer na rua com o cachorro, achou a cena emocionante e sentiu que devia compartilhar no Facebook, junto com a história do menino, para que mais pessoas se encantassem com a bela atitude da criança!

Rommer contou à ela que seus pais se separaram quando ele era muito pequeno e que tinha uma irmã mais velha em outra cidade, que o visitava sempre que era possível. Ela ainda acrescentou que ele tem o grande sonho de voltar a estudar, visto que parou os estudos na segunda série.



Rommer e seu cão se conheceram há pouco mais de um mês, e o menino viu no cãozinho, que batizou de Badgi, um grande amigo e uma companhia para não se sentir sozinho nas ruas.

O menino mostrou ter um coração enorme e muita bondade, pois apesar de estar vivendo momentos muito difíceis, ele não se fechou e resolveu acolher um ser que passava pela mesma situação de abandono e incerteza para superarem as dificuldades juntos.

Badgi é fiel a Rommer e não se importa se as condições de vida estão fáceis ou difíceis, só se importa em permanecer sempre junto ao seu amigo e dedicar a ele seu amor incondicional.

Desejamos muita força a esses dois anjos e que consigam vencer todas as dificuldades da vida juntos!


Direitos autorais das imagens utilizadas no texto: Reprodução Facebook / Maria Kabs






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.