4min. de leitura

Eu não te quero para mim, eu te quero comigo

Estou apaixonada e quero você em minha vida, mas isso não significa que o queira para mim, eu o quero comigo. Muitas pessoas acreditam que, ao começarem um relacionamento, os dois lados devem abrir mão de tudo o que um dia sonharam para se tornar aquilo que a sua relação permitir.


Eu não penso assim. O amor não é posse, não é controle. Ele não exige que você deixe de lado quem realmente é. Pelo contrário, ele nos dá toda a liberdade de viver a vida à nossa maneira, com a certeza de que nunca estaremos sozinhos.

O amor é a união de duas pessoas que se amam e decidem compartilhar caminhos diferentes juntas.

Eu não o quero para mim, eu o quero comigo. Quero saber que poderei sempre contar com você e que poderemos construir a nossa história com muito respeito, companheirismo e reciprocidade. Quero compartilhar uma conexão de almas com você, algo muito além do físico.

Eu não quero que você deixe de lado seus amigos, suas atividades pessoais, muito menos a sua família. Não quero que você faça de mim o centro do seu mundo e que desista de si para se dedicar a mim. Quero que você seja o meu companheiro e possamos celebrar juntos todas as conquistas de nossas vidas.


O amor para mim tem quer ser livre, independente e apaixonado. Ele tem que chegar e nos fazer enxergar a vida por outra perspectiva. Deve sarar as feridas do coração e abrir os olhos da alma para uma nova realidade.

Eu não quero que você mude nada por mim, nem deixe que sua essência seja perdida porque foi por ela que me apaixonei. Quero que seja você mesmo e encontre a felicidade à sua própria maneira. Não quero controlar seus sentimentos, quero apreciá-los.

Eu quero chegar em casa depois de um longo dia e saber que tenho com quem conversar.


Quero poder planejar viagens com a minha companhia preferida, quero o seu colo para descansar nos momentos de dificuldade e o seu sorriso para me trazer luz.

Eu quero a sua companhia, mas não quero controlá-lo, porque sei que as coisas fluem muito melhor quando podemos ser livres. Quero você para ser a minha companhia e não a minha propriedade.

Quero desfrutar de um amor sem posse e egoísmo, viver as melhores coisas da vida ao seu lado e construir um mundo só nosso, onde a liberdade nos deixará ainda mais próximos um do outro.

Eu não o quero para mim, eu o quero comigo. O que você me diz?


Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.


Direitos autorais da imagem de capa: CMDR Shane/Unsplash.


Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.