Namore com alguém tão estranho quanto você

4min. de leitura

Namorar uma pessoa estranha não é uma coisa ruim. Na verdade, é uma coisa realmente muito boa. Porque, aceitando ou não, você também é estranho.



Você dança sozinho enquanto canta (fazendo sua escova de microfone). Você gosta de falar em diferentes sotaques. Você fala muito alto em restaurantes quando estão todos em silêncio. Você gosta de usar meias diferentes. Você prefere caretas do que caras sérias. Você cai. Muito.

Você não é exatamente a imagem da perfeição.

Você gosta de comer pizza com na tampa da caixa. E não se importa de ainda chorar quando ouve Jonas Brothers.


Somos todos estranhos de nossas próprias maneiras. Nós todos fazemos coisas fora da norma. E todos nós deixamos algumas pessoas desconfortáveis. Assim, em vez de nos afastarmos de nossas tendências estranhas, eu acho que é hora de aceitarmos a nós mesmos.

namore com

Alguns tendem a namorar pessoas que controlam a sua estranheza. Eles dizem “obrigado” e “por favor” em cada frase. Eles saboreiam chá com o dedo mindinho. Eles nunca dizem ou fazem nada escandaloso. Eles desprezam pessoas que têm suas próprias opiniões. Eles seguem a multidão.


E talvez namorar este tipo de pessoa seja para você. Talvez você realmente seja um estranho, também. Mas nós, pessoas estranhas, não podemos estar com alguém que não pode tirar sarro de si mesmo. Não podemos estar com alguém que tenta esconder seus hábitos estranhos, e que tenta mudar de acordo com o que a sociedade considera como aceitável. Essas pessoas podem ser perfeitamente agradáveis. E você pode até gostar deles um pouco.

Mas elas são tão chatas.

Namore alguém tão estranho e detestável como você.

Namore alguém que faça um festival de caras feias com você. Namore alguém que gosta de gritar só por diversão. Namore alguém que tem a sua própria dança. Namore alguém que aceita a sua estranheza. E quem ri de si mesmo assim como você. Namore alguém que não ficará desconfortável quando você fizer algo completamente louco em uma festa. Namore alguém que dançará em cima de mesas com você. Namore alguém que não vai querer que você seja qualquer outra pessoa. Que gosta de você por quem você é.

Não namore o cara legal. Não namore o cara chato. Não namore aquele que tenta agradar outras pessoas. Namore o cara que vive para si mesmo. Que ama as pessoas. E que ama outras pessoas estranhas.

Namore o cara que vai amar toda a sua estranheza, para melhor ou pior.

Ele nunca vai julgá-lo, ou dizer-lhe como se comportar. Ele nunca tentará moldá-la em algo que a sociedade pode aceitar. Ele só vai te amar. E isso é tudo o que você vai precisar.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.