AmorColunistas

O amor em uma prece…

Fiz uma prece, uma não, várias. Todos os dias, por semanas, meses. Calei!



Apenas senti e esperei, entreguei e principalmente amei.

Amei cada dia no meu silêncio, oração e em sintonia no amor de Deus e com todo amor que tinha por ela.

Ela se calou, se afastou, mas estava ali, sentindo todo o amor que em Deus eu confiei.


Hoje ela recebe, festeja e eu? Transbordo!

Transbordo de amor que derramei numa prece, hoje não mais em silêncio, eu celebro a felicidade e a certeza de que amor está além de qualquer presença física, o amor de verdade é sintonia espiritual.

o-amor-em-uma-prece-foto-01

Sempre tive certeza do amor de Deus por nós, mas nessa dificuldade a minha certeza se multiplicou e me derramei de felicidade aos pés da cruz de Jesus.


Aprendi a não ter pressa, porque é na perseverança da oração que Deus age, no silencio, choros e gargalhadas. Descobri que quando colocamos fogo em nossos pedidos, Ele derrama labaredas de bênçãos. Às vezes pode demorar a acontecer aquilo que tanto desejamos, mas é preciso persistência e calma, porque Deus na sua infinita misericórdia transforma-se em oleiro e nos molda em um vaso novo para recebermos a graça.

O caminho nem sempre é fácil, mas se andarmos coladinhos com Deus, a caminhada se torna mais leve.

Comecei o texto contando resumidamente a dificuldade de uma amiga, dificuldade que me fez amar ainda mais e querer me jogar nos limbos em que ela vivia para sentir o que ela sentia, porque o amor é isso.

o amor em uma prece


Enquanto ela chorava amargurada, eu rezava de todo coração. Deus me atendeu, amoroso que é a pegou no colo e cantou canção de ninar. Ela adormeceu, acordou do pesadelo e consigo trouxe o maior presente de todos, fruto do amor que hoje ela vive.

Festejo de todos os jeitos, faço poesia e falo do amor de Deus, porque Ele se esconde nos mínimos detalhes e quando amamos não existem barreiras, forças ou doenças que nos façam desistir.

Fazer menos, para ter mais – um princípio da lei da atração!

Artigo Anterior

O encantamento transmitido pelas ondas do rádio

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.