AmorDesenvolvimento InteriorRelacionamentos

Procura-se homens de respeito!

A terrível sensação de ouvir “Você é tão bonita! Como pode estar solteira?” nos colocando como escolhidas e não como quem escolhe. Mas, TCHARAN… NÓS escolhemos, sim. E tá difícil escolher.



E, apesar da gente, muitas vezes, responder “ESTÁ FALTANDO HOMEM”… Bem, não está faltando homem, está faltando senso nos homens. Se é que posso chamar assim.

Seres humanos do gênero masculino e heterossexuais têm aos montes. BASTANTE MESMO. Olhe ao redor, você, com certeza, conhece caras solteiros. Agora, pensa comigo… Por que é que eles não se enquadram no cara para você? Pois é, é isso mesmo. Porque eles não são aquilo que você quer pra si. Com exceção dos amigos quase irmãos, que nós indicaríamos pra QUALQUER AMIGA, mas pra gente não rola porque… Não rola.

Aí, ainda temos que ouvir gracinhas porque eles dizem que estamos “escolhendo” demais. PERA LÁ, escolhendo demais por quê? Quem disse que temos que aceitar qualquer um só para não ficar sozinha? Quem disse que temos que escolher você? Pra começo de conversa, se está difícil de escolher, a culpa não está em nós, está nos homens. Está neles que continuam a agir como se tivessem na puberdade, no auge dos seus 15 anos, mas querem escolher. Não vejo ninguém dizendo que eles estão escolhendo demais. E homens são bem críticos.


Precisamos ser gostosas, mas não a gostosa “que pega geral”. Temos que ser arrumadas, cheirosas, inteligentes (mas não muito), educadas, jogar videogame e não podemos criticar o que eles gostam. Mas nós não podemos querer que eles sejam arrumados, cheirosos, inteligentes, educados e que aceitem nossos programas. Ah, não, nós estamos sempre “escolhendo muito”.

Aí, como “eles” não estão sendo “escolhidos”, ao invés de olhar para si, eles preferem falar mal de nós. “AH, mulher só pensa em dinheiro”. Querido, nós não contamos o quanto você tem na carteira, nós contamos o quanto você é idiota. Porque nós não queremos idiotas, obrigada.

Nós, a maioria das mulheres, não estamos buscando ricos, não queremos ser dondocas. Estamos procurando por Homens. Homens de verdade. Homens de respeito. Não nos importa se você é a 4º maior fortuna do país, nos importa se você ao menos não é acomodado, se planeja um futuro, se quer tentar sempre ser melhor.

Acontece que eles querem viver uma “vida loka” usando sua bermuda tactel, sem ter conteúdo para uma conversa que não seja sobre a tabela do brasileirão e ainda namorar uma mulher feita. A gente aceitava isso na nossa adolescência por ‘n’ motivos, não temos que aceitar isso depois dos vinte. E, com certeza, não precisamos aceitar depois dos trinta.


Porque nos interessa estar com alguém com qualidade e não simplesmente estar com alguém. Um parceiro, alguém que se some a nós. Alguém que nos respeite, que respeite nossas decisões pessoais, que goste da gente por um geral. E estamos procurando alguém que também tenha essa geral. Que não seja só uma coisa. Ou bonito ou educado. Ou charmoso ou com hombridade. Ou parceiro ou carinhoso. Não queremos aceitar nada pela metade.

Não tem problema você gostar de futebol, o problema é se esse for seu único interesse. Me diz a música que você gosta, qual projeto você tem para o futuro, o que você gosta de fazer, qual livro você gostou, qual filme quer assistir, em qual restaurante quer me levar. Me mostra que você tem mais do que esse estereótipo.

Não me interessa as suas fotos sem camisa se sentindo o gostosão porque passa a tarde toda na academia. Prefiro um tanquinho mal feito a um cérebro prejudicado. Preciso me sentir encantada pelo o que sai da sua boca e não pela quantidade de bomba que você toma. E não me trate como se eu fosse obrigada a gostar de você, eu não sou. Ninguém é.

Vocês precisam NOS conquistar, homens. Porque nós também temos poder de escolha. E, fique sabendo, nós estamos à procura de homens de respeito. E para não restar dúvidas… Amigas, vocês não estão erradas em querer mais para si. Não pense nem por um segundo que você precisa ser “menos exigente”. Querer alguém legal não é impossível, não é querer “o príncipe encantado”. Querer alguém legal é se valorizar e saber o que você merece.


Não faz sentido aquele cara de quarenta anos que passa o dia jogado no sofá e ainda mora com a mãe. Ele é que está errado. Não faz sentido o cara que exige que você transe com ele. Não faz sentido o cara que não faz o mínimo de esforço para te agradar.

Não faz sentido o cara que fica na sua aba. Eles não são homens. Homens, esses de respeito, os de verdade, serão o seu porto seguro. Farão você se sentir sortuda e especial. Ele te fará feliz pela presença, por uma simples conversa, até se o programa for assistir TV no sábado à noite.

Merecemos alguém que queira ser o melhor para nós. E para si mesmo. E esses caras existem. São a minoria, infelizmente, mas existem. E são eles que serão procurados por nós. Para uma mulher poderosa, um homem de respeito!

________


Por: Thainá Targino – Via: Superela

Como as cores nos influenciam?

Artigo Anterior

4 coisas que todos os amigos de verdade fazem uns pelos outros

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.