Quer um amor verdadeiro? ( 9 coisas que você precisa saber ) :

9min. de leitura

“Meu Deus, essas pessoas não sabem amar, é por isso que eles amam tão facilmente.” – David Herbert Lawrence



Muitas pessoas querem ter relacionamentos, sem realmente ter uma idéia do que se trata ou o que está em causa.

Ser capaz de amar e ser amado por muitos anos de uma maneira boa e saudável dá trabalho. É preciso resistir a impulsos. É sobre tomar a decisão de não fazer coisas que iriam destruir seu relacionamento ou prejudicar o seu parceiro, ser egoísta quando você deve ajudar, não reconhecer ou se preocupar com as necessidades do seu parceiro, ou ter um caso. Isso inclui coisas grandes e pequenas. O amor é uma ação, o amor é trabalho, e o amor é uma decisão.

Não é preciso trabalho para estar em um relacionamento disfuncional; as pessoas fazem isso o tempo todo. Levando alguém como refém ou permitindo-se ser tomado como refém.



Se você não está lá ainda, você pode começar a trabalhar sobre o que você vai e não vai fazer para cuidar de si mesmo e sua idéia do que um relacionamento saudável é. E há algumas coisas que você pode fazer que podem praticamente garantir uma relação mais saudável:

1. Para encontrar a pessoa certa, seja a pessoa certa.

Antes de voltar para um relacionamento, construa sua vida. Termine os seus assuntos inacabados. Torne-se objetivo sobre o que deu errado em seu último relacionamento, e nas relações anteriores. Faça um inventário de relacionamento e um inventário de vida. Você deve descobrir os padrões e hábitos que torpedearam seus relacionamentos anteriores antes de você entrar em um novo. Se você está em um relacionamento tentando preservá-lo, vocês – ambos – devem descobrir e curar o que foi machucando vocês e o relacionamento. Se um dos parceiros muda, o outro é forçado a mudar ou sair. Você não pode manter o status quo quando um de vocês escolhe mudar.


2. Para ser a pessoa certa e encontrar o amor verdadeiro, você deve estabelecer os seus limites.

Saiba o que você é capaz de tolerar antes de ter que tolerar isso. Abuso? A embriaguez? Esquecer de telefonar? Não ser financeiramente estável? Não manter-se em um emprego? Não ser honesto(a)? Você tem que saber isso antes que você seja testado. Você tem que ser capaz de dizer: “Se x acontece, eu vou embora daqui, sem argumento.”



3. O verdadeiro amor se comunica de uma forma saudável.

Xingamento está fora. Culpas e picuinhas estão fora. As acusações estão fora. Aprenda a começar frases com “eu sinto” ou “eu acho” ou “em minha opinião”, e estar com os outros que se comunicam de forma semelhante. Não deixe que ninguém projete para você o que você está pensando ou sentindo. Os relacionamentos saudáveis ​​são sobre a comunicação franca e honesta.


4. O verdadeiro amor requer objetivos e aspirações, tanto individualmente e como um casal.

Você tem que ter planos e sonhos, e chegar a um acordo sobre o futuro. Vocês devem ajudar um ao outro a cumprir suas esperanças e sonhos como indivíduos e como um casal. Descobrir o que você sempre quis fazer e fazê-lo. Descubra o que seu parceiro quer na vida e da vida. Descubra, no início, se vocês podem e vão apoiar-se mutuamente na realização de tudo o que vocês sempre quiseram. É importante que você descubra isso desde o início.


5. Como um prelúdio para encontrar o amor verdadeiro, aprenda a separar em todos os seus relacionamentos – com família, amigos, conhecidos e colegas de trabalho.

Aprenda a fazer escolhas e não apenas deixar amizades e relacionamentos profissionais “acontecer”. Não gaste tempo com a família apenas porque somos uma família. Escolha ter em sua vida apenas aqueles que são amorosos, respeitosos, honestos, abertos e que se preocupam com você. Escolha pessoas que sabem que a confiança é conquistada e que, uma vez quebrada, é quase impossível de voltar. Não escolha pessoas que vão mantê-lo na dúvida sobre como elas se sentem, ou sobre o que elas sentem por você. Escolha pessoas que não são ambivalentes sobre você ou sobre o relacionamento delas com você.


6. Pare de ser uma vítima.

Pare de pensar que você não tem controle sobre o que acontece com você. A maioria das pessoas presas em padrões pouco saudáveis ​​estão presas em um poço de lama de negação, justificação e racionalização.

Se você está contando histórias nas quais se aproveitaram de você ou alguém lhe fez mal, e essas histórias estão sendo contadas para gerar simpatia, pare e perceba que atravessar a vida como uma vítima não é atraente para pessoas saudáveis. Assuma o controle de si mesmo e do que acontece com você dia a dia.


7. Saiba que o verdadeiro amor não faz mal.

Sim, há mal-entendidos e surpresas e decepções em todo relacionamento, mas em relacionamentos saudáveis ​​não são um acontecimento regular. O verdadeiro amor e os relacionamentos amorosos realmente são consistentes. Eles nem sempre são fáceis, mas eles tendem a funcionar sem problemas porque todos trabalham para ele. O amor é o que ajuda a lidar com as voltas que a vida dá, não o que torna as coisas mais difíceis. Amor, amor verdadeiro, é o apoio em um mundo difícil, não é algo que torna a sua vida ainda mais difícil.


8. O amor verdadeiro não nos pede para sacrificar aquilo que nós amamos.

Não nossos interesses, não os nossos hobbies, não os nossos amigos e familiares. Se alguém está lhe pedindo para fazer isso, não é saudável e nem bom para você. Se você está disposto a fazer isso, mesmo sem ser solicitado, é ainda pior. É normal ser absorvido em um novo relacionamento, mas depois de um tempo, você tem que voltar para as coisas e as pessoas que você ama. Mantenha a sua vida equilibrada; se você desistir do que você ama e das pessoas que você ama, você vai olhar em volta um dia e perceber que não pode deixar seu relacionamento, porque você não tem mais nada.


9. A coisa mais importante a saber sobre o amor verdadeiro é que o amor é uma ação de você e com você.

Represente esse papel e insista nisso. A cada dia, se em um relacionamento ou não, você deve afirmar que o amor é o que você faz, não o que você diz, e você deve insistir nisso com todos em sua vida. Se é uma relação “não-amorosa” (ou seja profissional), o respeito é a ação e você deve ser tratado com respeito em todos os seus relacionamentos.

Se as pessoas entendessem no que o amor verdadeiro implicava seriam menos inclinadas a entrar e sair de relacionamentos que elas sabem que vão experimentar qualquer coisa, menos o amor. Use seu tempo fora de um relacionamento com sabedoria para construir o que você precisa para estar em um relacionamento saudável. E, em seguida, saia e construa um.

__________

Traduzido e Adaptado por:  Maria Leite  – Colunista The Secret 

Original: PsychologyToday – 10 Things You Need to Know About Real Love

maria leite1Eu sou uma entusiasta do autoconhecimento e desenvolvimento humano. Eu acredito que estamos aqui para desfrutar de uma vida plena e feliz e que temos dentro de nós todos as recursos necessários para isso. Por vezes não conseguimos fazer isso sozinhos. Para isso necessitamos de profissionais especializados e que sejam comprometidos profundamente com o outro. E é aqui que eu procuro dar o meu contributo. (….)  Blog: Harmonia Pessoal

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 15/11/2015 às 2:19






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.