Semelhante atrai semelhante – parte ii

8min. de leitura

Você dá o melhor a si mesmo e o universo lhe preenche com experiências reais.



A mais valiosa forma de amor e caridade é feita quando você começa por você.

Ninguém pode ajudar o outro sem ter ajudado a si mesmo.
Curado, você emite luz para o mundo sem precisar mover um dedo.

E isso é tudo porque não há universo mais importante do que o seu.


Autoestima é a base do equilíbrio de qualquer relacionamento com a vida e com o outro. Sem essa base, você não pode se relacionar com o outro e muito menos consigo mesmo. Autoestima influencia no seu equilíbrio vital porque está relacionado com a maneira que você percebe o mundo e a si mesmo. Você não pode obter compreensão, amizade e amor do outro se isso tudo está faltando no seu mundo interior.

Todas as vezes que você procura se preencher com fatores externos, a vida lhe mostrará só dessabor e relacionamentos com validade vencida. Quando você está pronto, o amor flui por suas veias e você emite um sinal claro ao universo de que você está pronto — O parceiro ideal esbarra em você. Ninguém pode estar pronto para um relacionamento rico e pleno se não estiver dando o melhor para si mesmo.

EVOLUÇAO


Não dê para o outro, dê primeiro para si mesmo; seja delicado com a riqueza do seu ser, admire quem você tem sido durante todo a sua existência, então, o outro começará a ser fundamental.

Você mexe no estrume e suas mãos ficam cheirando mal. Você manipula perfumes e óleos essenciais e suas mãos ficam carregadas das fragrâncias.

Você emite um sinal vibrátil para o universo e todas as entidades e vibrações que se assemelham ao seu sinal se aglomeram ao redor e lhe motivam a vibrar mais nesse nível.

Semelhante atrai semelhante. O curado atrai outra pessoa curada.

É a lógica da vida em sua existência e isso não pode ser feito de outra maneira. O imaturo atrai outra pessoa imatura. E se você não estiver pronto para o amor e estiver se sentindo só, você forçará um relacionamento e a vida lhe entregará alguém que não está pronto para o amor e que também se sente só. E o relacionamento fracassa, porque já estava fracassado em seu núcleo criativo.

SEM01

E você começa a perceber que o poder de todas as realizações externas são respostas do seu interior.

O relacionamento mais destrutivo é travado entre pessoas com baixa autoestima, tudo é motivo para desconfiança. Uma guerra é travada diariamente quando apenas o outro pode lhe tornar uma pessoa feliz. Você está vazio e quer que o outro lhe preencha, mas esse preenchimento é tão fugaz quanto os efeitos de qualquer droga química. O efeito passa e você está lá carente de novo, achando que a vida lhe deve algo mais…

A autoestima lhe deixa sempre numa posição de vítima. E a vítima é o adulto que não cresceu e não adquiriu maturidade emocional para perceber que seus caprichos nunca serão atendidos. E toda vez que sua autoestima estiver baixa, você estará se sentindo carente de algo que o outro pode lhe dar. Toda vez que nos sentimos carentes significa que alguém muito importante está abandonado, sem a direção que apaixona.

Você quer um parceiro(a) mas não se apaixonou internamente para atrair esse relacionamento. O parceiro aparece quando você primeiramente se apaixona e depois relaxa quanto ao resultado.

Ninguém encontra alguém sem antes ter emitido uma onda energética bem aventurada por si mesmo e pelo ideal das experiências que gostaria de viver.

Aquele parceiro(a) que lhe deixa frustrado está lhe mostrando detalhes e ideais do que você gostaria de experimentar através do outro e que muitas vezes não está no nível consciente.

O outro não é o inferno; é o paraíso, pois ele está sempre lhe apontando o melhor caminho para o seu desejo. Uma intenção genuína é uma semente plantada: sempre brota!

SEM3

O outro não existe; é reflexo do seu interior. O outro é criação de nossos padrões e percepções que vão se ajustando até formar um novo ser que será nosso companheiro (a). E de nada adianta buscar uma fórmula pronta, você tem que encontrar e fabricar a fórmula em seu interior e então o parceiro(a) chega até o seu campo real ou você esbarra com ele de maneira fácil e sincrônica.

E a relação flui com satisfação… O universo está em você e você está nele, por isso há uma grande inteligência nas devoluções exatas com relação ao produto de nossa produção interior. Não há força maior que lhe separe de um destino do qual você mesmo está produzindo em seu núcleo criativo. Suas sensações e emoções estão a toda hora lhe apontando o caminho da criação. Elas são o verdadeiro radar em seu interior, pois nenhuma sensação ou comunicação interior fica sem resposta. Tudo que você afirma vai certamente se manifestar no campo físico. Até mesmo suas mais fugazes perscepções se manifestam…
Passe um tempo com você antes de entrar em um novo relacionamento para que essa relação tenha uma qualidade melhor e um período de validade mais rico.

Não tenha pressa, o universo está querendo que você chegue a um nível de completude para lhe oferecer o melhor. Recoonheça suas preferências, afirme seu amor e admiração. Nenhum pensamento ou sensação fica sem resposta, por isso, invista em seu mundo interior. Apaixone-se, divirta-se intimamente com a possibilidade.

Celebre o invisível.

A arte da guerra tem uma filosofia interessante que diz: “Para ser vitorioso, você precisa buscar dentro de si mesmo aquilo que não está visivel no campo externo.”

Esqueça a realidade, viva um romance ideal com você mesmo agora. Seja um parceiro ideal e curado para si mesmo e o universo lhe devolverá o melhor do seu íntimo. E relaxe, fique neutro em relação às expectativas.

Mantenha-se suave e neutro em relação aos resultados e a vida começa a devolver o produto da sua inteligência interior; o produto do seu saudável namoro interior.

UNIVERSO EM VOCÊ
by Vivian Weyrich

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 22/10/2014 às 6:00






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.