Colorindo o passado

4min. de leitura

Acho que tudo nas nossas vidas é conectado por um fio imperceptível, que algumas vezes se revela nos mostrando a perfeição do Universo.
Semana passada, contei aqui uma experiência de liberação do passado que tive, onde vi uns vidros se quebrando deixando livres muitas cores que, para mim, simbolizavam energias que estavam presas em histórias antigas…
Há mais ou menos um mês, retomei um trabalho que fiz há 30 anos, mais precisamente no ano de 1983… naquele ano desenhei várias imagens de mulheres em nanquim e algumas coloridas em ecoline… nunca mais fiz esse trabalho…
Agora, comecei a desenhar mais algumas imagens naquele estilo, e dessa vez todas estão com cor… Um dia desses, peguei as imagens antigas e resolvi colorir também… e foi quando estava nesse processo de colorir as imagens antigas, que tive aquela vivência de liberação.



No dia seguinte à vivência, enquanto pintava tons de verde em uma delas, dei-me conta da ligação entre o colorir as imagens e a experiência de liberar as cores que estavam presas no passado…
Parece que o Universo queria me confirmar que realmente essa liberação está acontecendo e me dizer que o caminho é esse… purificar o passado para que ele não mais me prenda e tornar disponíveis as energias que estão ainda em histórias não resolvidas, para que eu as usasse no presente tornando-o mais colorido… Parece que ao fazer isso eu estava fazendo uma integração entre os dois… enquanto trabalhava no presente, o passado também se tornava mais bonito… De alguma forma, ao repintar as imagens antigas eu interferia no passado
Muitas vezes, ou quase sempre… o passado nos prende e limita, ou por não termos feito as escolhas que hoje julgamos serem as melhores, ou por apego ao que foi muito bom, na expectativa que se repita… ou por aversão ao que foi ruim, na expectativa de que não se repita… enfim, seja por qual for o motivo que o passado nos prenda… é sempre uma prisão que mantém em suas grades energias preciosas que não podemos usar no presente…

Ao limparmos as memórias que, seja pelo “bem” ou pelo “mal”, remete ao que já passou, resgatamos partes que nos propiciam estar mais inteiros nesse tempo tão especial… e o que fica do passado é uma imagem mais colorida e um aprendizado que enriquece e dá mais cor ao nosso presente.
Para limpar o passado, podemos usar Ho’oponopono e outras ferramentas que limpam a causa dos problemas, que carregamos com a gente desde não sei quando, através das memórias equivocadas…

“De acordo com os antigos havaianos, o erro provém de pensamentos contaminados por memórias dolorosas advindas do passado. Ho’oponopono oferece uma forma de liberar a energia desses pensamentos dolorosos, ou erros, os quais causam desequilíbrio e enfermidades.
“Quando você faz Ho’oponopono, o que acontece é que a Divindade pega os pensamentos dolorosos e os neutraliza ou os purifica. Não se trata de neutralizar ou purificar a pessoa, o lugar ou a coisa. O que fica neutralizada é a energia que está associada a pessoa, lugar ou coisa. Portanto, o primeiro estágio de Ho’oponopono é a purificação da energia.” Dr Len


Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.