Desligando o ”complicômetro”…

6min. de leitura

Hoje queremos trazer-lhe uma mensagem positiva que seja alternativa à lamúria e que puxe mais por si!



O principal ingrediente? A criatividade.

Para muitos, CRIATIVIDADE é a capacidade de ver no problema uma oportunidade para encontrar soluções e superar obstáculos. É uma espécie de química maravilhosa que mistura otimismo, força de vontade e uma curiosidade enorme para trocar de personagem, pintar o cabelo, renovar interesses, experimentar novos talentos, experiências, lugares e relações.

Queremos que esqueça a velha ideia de que os artistas são os outros. Um mito que muitas vezes dá jeito acreditar mas que está longe de ser real. Por outro lado, é bem verdade que muitos de nós temos tendência a bloquear em momentos importantes, ou mesmo decisivos, das nossas vidas.


Deixamos algumas ideias para usar e partilhar!

1. Adrenalina gera adrenalina

adrenalina

Sim. Por isso é que contrariar a rotina faz bem à cabeça e à saúde.


 Adrenalina não quer dizer que tenha que saltar de paraquedas semana sim, semana não. Há pessoas que têm a capacidade de nos contagiarem com a sua própria energia. É preciso é encontrá-las! Encontre alguém assim e deixe-se inspirar…

2. Listinhas

Listas de compras, listas de tarefas, listas de sítios, lista de objectivos, listas de pessoas…

A escrita tem a capacidade de materializar aquilo que sentimos, queremos, mas que nem sempre está de acordo com o que fazemos. Se é frequente chegar ao final do dia com aquela sensação corriqueira de que não conseguiu fazer metade daquilo a que se tinha proposto, faça uma listinha.

Ela vai servir de guião, mas também vai dar muito mais força e peso aquilo que para além de ser um objectivo ou uma obrigação passa a ser uma tarefa a cumprir. Não se esqueça que as listas são muito úteis para sistematizar o nosso dia-a-dia e valorizar os compromissos assumidos com os outros e connosco.

3. Arrumar roupas por cores

SONY DSC

A organização não tem que ser algo enfadonho.

4. Induzir o pânico

O medo nem sempre bloqueia. Por vezes, também serve para dar aquele empurrão na direcção certa.

Por isso, se for caso disso provoque-o e “atire-se de cabeça”.

5. Vá às compras

Parece demasiado fútil, não é? E imoral também, sobretudo nos tempos que correm. É precisamente essa imoralidade e sentimento de culpa associado ao ato de gastar dinheiro que nos faz tomar consciência que é necessário compensarmos aquela injeção (cara) de autoestima com um outro esforço qualquer. Afinal, é capaz de existir alguma lógica naquele impulso que reconforta as personagens do Sexo e a Cidade.

6. Explodir pode ser bom

grito

Naqueles dias em que parece que o gato lhe comeu a língua (e os neurónios também), extravase. Obrigue-se a contrariar essa contenção. Se for caso disso vá à janela e dê um grito, ou fuja para a casa de banho e aproveite para pular para cima da sanita e dê um pézinho de dança. Nos dias em que o coração está apertado, chorar também faz bem à alma. O importante é que não prenda em demasia as suas emoções. À semelhança da adrenalina a alegria inspira e gera coisas boas.

7. Comece por copiar

Há quem diga que nos tempos que correm já nada de novo é inventado. A maioria das inovações são uma cópia refinada de coisas que já foram inventadas, pensadas ou ditas antes. Por teimosia ou não, preferimos pensar que não é bem assim… Porém, sabemos que sempre que estamos bloqueados num processo de criação, qualquer que seja, é possível e até fundamental retirarmos inspiraçãoo daquilo que foi bem feito no passado. Depois de vermos esses bons exemplos, temos a capacidade de acrescentar qualquer coisa de novo. Esse detalhe pode fazer toda a diferença. Por isso, não se iniba. Faça da cópia a base da sua inspiração e… crie!

8. Correr

A corrida não é só física. Também é psicológica.

Obrigue-se a cumprir prazos apertados e a correr atrás dos seus objetivos. Estabeleça metas diárias, físicas e psicológicas. Realizar um objectivo, por mais pequeno que este seja, pode ser o remédio mais eficaz para reconquistar ou aumentar a sua autoestima.

9. Chocolate

choc

Nos dias em que se sente mais “perra”, o chocolate consegue fazer maravilhas e como dias não são dias,

renda-se a uma boa dose de energia e serotonina.

10. Ria-se de si próprio

O humor é provavelmente um dos ingredientes mais importantes para termos

relações saudáveis tanto com os outros como connosco.

 Se tem dificuldade em brincar consigo e com os outros (sem os magoar), experimente fazer umas aulas de teatro.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.