Tenho boas notícias sobre a sua autoestima: a chave está em suas mãos!

6min. de leitura

E se você tivesse a chave em suas mãos que abrisse uma gaveta repleta de autoestima?



Qual seria o cheiro da autoestima ou mesmo a cor?

Imagine a autoestima sendo algo fora de você, de um formato para ela. Como seria?

Sei que as perguntas acima podem parecer estranhas, mas quando nos damos ao luxo de olhar para algo de forma diferente, atingimos resultados inesperados. Com autoestima funciona assim!


Aliás, quando precisar de um impulso na sua autoestima, faça algo completamente diferente valorize sua ação. Quanto mais sair da rotina e ampliar os horizontes, mais crédito dará a si mesmo e mais orgulho terá de ser quem você é.

O melhor sobre a autoestima é que muda de tempo em tempo, ninguém tem o mesmo nível de autoestima no decorrer da vida sem sofrer sérias alterações. Autoestima fixa não existe, e esse fator pode ser bem positivo para alguém que reclama da falta dela.

Simples assim: a balança que pesa sua autoestima está diretamente ligada aos seus pensamentos. E não estou falando dos pensamentos em relação aos políticos atuais ou quanto seus vizinhos aproveitam a vida, mas primeiramente aos pensamentos e opiniões que tem sobre si mesmo. Sim, o verdadeiro valor que você se dá ao olhar sozinho no espelho, depois de tirar de cena todos as pessoas que participam da sua vida.


Autoestima é aquela fofoquinha mental que falamos de nós mesmos. Quando felizmente achamos que “mandamos bem” e “saímos vitoriosos”, nossos pontos aumentam. Do contrário, nosso crítico interior tira vários pontos da nossa autoestima, jogando nosso amor próprio no lixo e deixando a vida bem complicada e mais desafiadora.

A melhor notícia que posso te dar é que você, e somente você, é responsável pela sua autoestima agora. Mesmo que sua infância tenha sido difícil e seus pais verbalizaram críticas constantes, hoje você pode transformar o peso do passado em crescimento pessoal e nada melhor para aumentar uma quase inexistente autoestima do que converter erros e sofrimentos em oportunidades. Só aí você já saiu na frente, sua conversa interior fica excitante quando percebe transformações verdadeiras. Vejo hoje adultos que tiveram uma infância infeliz com mais garra e sucesso do que alguns que foram mimados e poupados no passado. Responsabilidade e foco no que você realmente quer é um bom começo para mudanças interiores.

Não sei você, mas eu já estou muito velha para provar que sou boa em tudo. Cada um de nós veio com talentos e habilidades diferentes e focar no que não sabemos fazer só nos ajuda a fofocar de forma negativa. Fuja dessa conversa destrutiva! Se nesse momento você tiver dificuldade em acreditar que tem um brilho único e precioso, parabéns e bola para frente, descobrimos que você precisa de autoestima e agora já sabe que depende de você. Só isso!

Sei que vai parecer um tanto irresponsável, ainda mais eu que te sugiro ser responsável para ter mais autoestima. Mas não posso deixar de te convidar a pensar mais uma vez em algo diferente. Que tal trocar todo stress por muita diversão? Como seria sua vida se ao invés do excesso de trabalho e rotina pesada você encontrasse um prazer inexplicável com uma vontade de gargalhar irresistível?  Pois bem, uns minutos de risada, aquela dança que ninguém vê, ou a música que você canta alegremente ao tomar banho, te ajudam a alimentar a voz interior que fala manso.

E aí mora a sua autoestima, naquela vozinha doce que diz o quanto te ama, naquele som harmonioso que confessa que tudo vale a pena porque você merece mais. E Lembre-se sempre: você vale mesmo mais, mesmo quando a chave que abre a gaveta de sua autoestima está escondida!

__________

5555A Life Coach Miria Kutcher é autora dos programas de coaching “Pronta para o Amor” e “A Roda do Sucesso”. Seu trabalho pode ser visto no site www.miriakutcher.com.br

Eterna estudiosa da alma e dos desejos humanos, Miria Kutcher aprendeu programação neurolinguística, EFT (sigla em inglês para Técnicas de Libertação Emocional), Coach e Espiritualidade com mestres de renome nos EUA – como Alina Frank, Bobbi Gemma e John Gray (autor de Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus, Editado no Brasil pela Editora Rocco). Estudou PNL pensando em ouvir melhor às clientes do seu SPA e poder ajudá-las em seu cotidiano. Brasileira radicada nos EUA, atualmente faz sessões de Coaching individuais e em grupo, presenciais e online.

 

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 14/05/2015 às 4:53






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.