AutoconhecimentoDesenvolvimento InteriorVida

12 coisas que eu aprendi com meus 20 e tantos anos

Vai chegando final do ano e eu começo a ficar mais reflexiva. E vai chegando os 30 anos eu começo a pensar em tudo que passou, tudo que eu aprendi. Resolvi fazer uma retrospectiva dos meus últimos 10 anos e listei ano a ano, desde 2005, tudo de relevante que aconteceu na minha vida, seja bom ou ruim. O resultado? Aqui.



1. Se você não está feliz MUDE: de namorado, emprego, de cidade, de vida…

Nesses últimos 10 anos, percebi quanta coisa mudou na minha vida. Trabalhei em diferentes empresas, cidades, áreas, projetos… Pedia demissão e partia pra outra, troquei de namorado 5 vezes e de empresa também. Algumas pessoas falavam “Nossa, como você troca de namorado, né?” E eu pensava “Que bom para mim, que tenho coragem de mudar quando não estou feliz”.

Não se conformem com uma vida mais ou menos, com um emprego mais ou menos… Cada escolha é uma renúncia, e, um ato de coragem. Cada mudança que você faz na sua vida é um ato de coragem.


Se você não sabe o que merece, qualquer coisa serve. Se você não sabe do seu valor, qualquer pessoa serve. E se você não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve.


2. Ter paciência e não desistir fácil

Aprendi que as coisas não acontecem da noite pro dia. Aprendi a ter paciência, calma, controlar a ansiedade. A gente tem pressa, quer que as coisas aconteçam rápido. Queremos ser promovidos rapidamente, ter sucesso rapidamente, abrir uma empresa de sucesso da noite pro dia, ganhar muito dinheiro. As coisas demoram para acontecer, mas acontecem. Cada conquista, é um degrau que subimos na vida. É aos poucos que a vida vai dando certo. Tudo que vem fácil e rápido, vai embora fácil.



3. Dedique-se e dê o seu melhor

Aprendi que contanto que eu dê o meu melhor, não importa se deu certo ou não. Aprendemos com os erros, com as dificuldades e evoluímos. Dê o seu melhor em tudo que você faz.



4. Tem coisas que só aprendemos com a vida

Como meu pai diz, tem coisas que só aprendemos vivendo. Tem certas coisas que precisamos passar para evoluirmos como seres humanos. Não adianta alguém falar nem estudar. Precisamos viver, sentir na pele e aprender. Muitas dificuldades que tive, percebi depois que eu precisava passar por isso


5. Não reclamar e ter gratidão


Gratidão é o sentimento mais maravilhoso que existe. Você se sente abençoado quando agradece as coisas da vida, mesmo que sejam coisas simples. Você se sente feliz, renovado, agradecido… E não reclamar faz parte de se sentir grato sempre.


6. Ser mais leve e otimista

Sempre fui muito otimista mas muito exigente comigo mesma. Aprendi nesses últimos 10 anos a ser mais leve, a não me levar tão a sério. Pessoas leves e otimistas possuem uma energia boa, que vale a pena ter ao lado.



7. Estude muito

Percebi que muitas das minhas conquistas foi devido ao meu estudo. Se eu pudesse dar uma dica para quem está na faculdade agora, ou tentando o vestibular seria ESTUDE. Dedique essa época da sua vida para estudar, você não vai se arrepender. Vai ser recompensado no futuro.



8.Viaje

A melhores experiências da minha vida foram viajando. Viaje, nem que seja sozinho. Conheça novos países, novas culturas, pessoas, histórias.Faça um mochilão pela Europa, América do Sul. Aproveite para viajar enquanto tem disposição para andar, ficar em hostel e não tem filhos.


9.Tenha novas experiências e saia da zona de conforto


Sempre que eu sai da zona de conforto, sentia aquele medo, friozinho na barriga, experiências incríveis aconteceram na minha vida. O sentimento de realização após é gratificante. Todo dia acontece alguma coisa legal, interessante. Quando você está aberto a novas experiências, mais coisas incríveis acontecem.


10. A vida é bela mas é dura

Sem mais.



11. Você não é tão especial assim

A primeira lição que a gente aprende logo que sai da faculdade é que não somos tão especiais quantos nós achamos. Como eu escrevi nesse post aqui já, a geração Y se acha super especial devido à criação que tiveram dos pais. Ao chegar no mercado de trabalho, vem a surpresa… ninguém é tão especial assim.


12. Siga os seus sonhos

Não tem época melhor do que os 20 e poucos anos para seguir seus sonhos. Arrisque-se, mude, corra atrás. Se não der certo, você ainda tem tempo para errar e tentar de novo.

Estou com quase 30 anos e sempre tem alguém que fala “está ficando velha, ein”? Mas sinceramente, eu não me sinto velha. Me sinto mais madura, sábia e feliz. Foram 10 anos realizações, mudança, evolução, superação, gratidão, felicidade.

Se eu queria saber dessas coisas antes? Acho que não… Se não, não teria passado por tudo que passei, evolui e cresci.

E você? O que aprendeu nos últimos 10 anos? E se tem 40 anos, o que aprendeu aos 30 anos? Me conta. Ou não, deixa eu descobrir sozinha.

12 atitudes simples para ter mais gratidão e ser mais feliz

Artigo Anterior

A altura do seu parceiro pode ser capaz de prever o sucesso de seu relacionamento

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.