AutoconhecimentoDesenvolvimento InteriorEspiritualidade

5 maneiras através das quais sua aura afeta aqueles ao seu redor

Algumas pessoas fazem-nos sentir realmente bem só de olharmos para elas. Isso funciona também de forma oposta, é claro, com sobre as quais “não temos um bom pressentimento sobre.”



Como as experiências no âmbito das nossas auras são conduzidas, nos deparamos com alguns resultados verdadeiramente notáveis. Dr. Konstantin Korotkov fez uma pesquisa no campo, e descobriu que a aura humana continua a mudar por três dias após a morte.

Ele disse, “estamos desenvolvendo a noção de que nossa consciência é parte do mundo material e que com ela podemos influenciar diretamente o nosso mundo.”

1. Sua Aura não pode ser escondida


Tudo neste mundo que parece material é, essencialmente, -energia. Como tal, esses seres vivos e objetos originais irão apresentar uma aura, que é um campo de energia em torno de você.

Não importa o que você colocar no rosto, ela irá mostrar o “verdadeiro você” para aqueles que sabem como vê-lo.

Por exemplo, alguém com uma aura vermelha escura pode revelar distração, ou com a mente em outro lugar, mesmo que estejam fisicamente com você. Mesmo sem ver a aura, podemos sentir também o tipo de energia, especialmente se temos trabalhado com nossos sentidos psíquicos.



2. O Campo Áurico como revelado a empatas

Empatas são aqueles que têm a capacidade inata de intuir coisas sobre outras pessoas e suas energias. Sua aura é uma forma através da qual seu corpo libera essa energia, e as pessoas que são sensíveis a ela saberão sobre você emocionalmente e fisicamente.

Isto pode explicar porque as auras e energias de outras pessoas podem nos afetar sem razão aparente. Para um empata, porém, todas as energias são inclusas. Um empata experiente sabe como liberar e refletir essas energias se necessário. No entanto, a maioria das pessoas apenas as carrega inconscientemente.



3.A Aura pode ser fotografada

Este processo é conhecido como fotografia Kirlian.

Não é apenas uma técnica, mas uma variedade delas, usadas para capturar descargas da coroa. Kirlian descobriu que se um objeto fica sobre uma chapa fotográfica e está ligado a uma fonte de alta tensão, uma imagem coronal é produzida.



4. Como a cor da sua Aura pode ajudá-lo?

Mencionamos acima que a cor da aura reflete o chakra com o qual estamos melhor relacionados em um determinado momento.

Desta forma, você discernir onde está emocionalmente e o que pode fazer.

Observe que nenhuma dessas cores são necessariamente “ruins” ou “boas”, as cores são apenas reflexo do que pode ser aprendido.


Por exemplo, se sua aura reflete chakra inferior (vermelho, laranja, amarelo), você provavelmente está tendo problemas de natureza emocional, sobrevivência, ou sexual.


5. O medo afeta nossa Aura

Somos ensinados a ver o mundo de uma perspectiva de medo, pois isso permite-nos sermos mais facilmente de ser controlado por aqueles no poder. Se não nos movemos após este estágio de “medo”, nossas auras serão reflexos dos três chakras inferiores.


Não somos suscetíveis a escapar das pressões da vida cotidiana, e nosso foco está em ‘vida’, por exemplo, contas, ego, expectativas ou problemas sexuais.

Por outro lado, se vivêssemos em uma sociedade onde não existisse dinheiro, mais de nós iríamos exibir o verde, azul, índigo ou violeta dos chakras “superiores”. Aqueles com más intenções nesta estrutura social seriam extremamente fáceis de farejar.

Se formos capazes de remover esse medo e superar as necessidades do plano físico, nossas auras irão mudar para as cores “superiores” dos chakras. As cores da aura provavelmente ainda flutuariam continuamente, mas não haveria base geral. Chegar ao ponto onde a aura reflete planos mais elevados requer muito trabalho, mas está ao alcance de todos nós!

 


___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Spirit Science


5 plantas meidicinais que curam de forma impressionante nossos corpos e mentes

Artigo Anterior

19 de dezembro haverá a maior meditação coletiva da história das américas

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.