As aparências enganam?

2min. de leitura

Você é quem realmente aparenta, ou é uma cópia fraudulenta de si mesmo? Faça a reflexão e mude enquanto é tempo!

Uma maneira muito comum de complexidade é o medo. As pessoas ficam paralisadas pelo medo.



As pessoas fazem isso para amedrontar os outros e subjuga-los.

Pense: as pessoas falam difícil quando falar de maneira acessível já ajudaria. As pessoas se vestem de maneira extravagante para se diferenciar dos outros e mostrar superioridade, como se um traje fosse um motivo para se esconder.

Acima de tudo, temo o sorriso de escárnio, que coloca pra fora frases como: “você não me conhece”, “você não sabe de quem eu sou filho”, e etc.


Nós inventamos essas pessoas de fachada, porque isso fornece segurança. Vivemos em uma era em que parecer é mais importante do que ser. Por conta disso, nos tornamos, muitas vezes uma fraude.

E, quando as pessoas nos enxergam como fraudes que paramos de comunicar de maneira assertiva e começamos a mostrar aquilo que queremos esconder:quem realmente somos.

Por isso, foque sempre na sofisticação e na autenticidade. Entregue a verdade, mostre quem você realmente é. Os pilares da sua vida, seja para encontrar clientes, encontrar investidores, encontrar sócios, encontrar funcionários, deve ser:


  • Simplicidade.
  • Consciência.
  • Sutileza.

Você precisa pautar a sua conduta nisso. Isso vai mostrar o que você realmente é e mostrar a coerência.

E é a coerência que vai permitir você mostrar para as pessoas que você é confiável, que merece atenção, e que deveria ser ouvido.

___

Este artigo foi adaptado do original, “The sophistication of truth”, do blog do Seth Godin. – Por Andre Bartolomeu Fernandes – Via: Jornal do Empreendedor

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.