Cuba cria primeira vacina contra câncer de pulmão!

5min. de leitura

A vacina Cimavax retarda o crescimento das células que causam esse tipo de câncer, diminuindo o risco de novos tumores e aumentando a expectativa de vida dos pacientes.



Talvez não exista doença mais devastadora que um câncer. Em alguns casos, pode estar relacionada a alguma predisposição genética ou ser diagnosticada em um avô, em seguida no neto ou primo, perpetuando-se por toda a linhagem de uma família.

Há também casos em que a doença é reflexo dos maus hábitos de uma pessoa ao longo da vida. O cigarro é um bom exemplo de “veneno” que vai matando o organismo, pouco a pouco.  O resultado acaba sendo a falta de ar, o cansaço excessivo e um tratamento que nunca é pouco invasivo. Mas, em algumas ocorrências, o surgimento da doença independe dessas duas situações.

O câncer pode se manifestar nos ossos, no pulmão, por exemplo, e tratamentos à base de quimioterapia ou radioterapia são inevitáveis. Ou seja, extremamente agressivos, pois se utilizam de medicamentos muito fortes para destruir as células doentes que formam o tumor. Porém essa mediação provoca efeitos colaterais que desestabilizam o bem-estar físico e psicológico de um paciente.


Queda de cabelo, fraqueza, náuseas frequentes e a sensação de que não vai aguentar tanto sofrimento. Além disso, o paciente convive com a possibilidade de que, mesmo curado, o problema volte a atacar seu corpo. 

Não há como passar por uma situação dessas e não ter o psicológico e o bem-estar abalados. Mas uma excelente notícia a respeito do tratamento da doença surgiu em Cuba. O país, conhecido mundialmente por seus conflitos políticos e econômicos, também é o território responsável por desenvolver a Cimavax, a primeira vacina de combate ao câncer de pulmão no mundo.

Conforme publicado no portal MedicalDaily, a vacina é capaz de retardar o crescimento das células cancerígenas e, consequentemente, evitar o aumento dos tumores no órgão.

Segundo pesquisa no país, a Cimavax ajudou a estabilizar os principais sintomas da doença e possibilitou aos pacientes expectativa de vida de seis meses a quatro anos a mais, em comparação com pacientes que não receberam a imunização.


Outra vantagem é o seu baixo custo. A vacina pode ser vendida por US$ 1 (em torno de R$ 5), permitindo, inclusive, a sua distribuição de forma gratuita nos hospitais cubanos, sem falar da possibilidade de exportação para o mercado mundial.

Ou seja, a vacina Cimavax é, sem dúvida, uma importante aliada no combate ao câncer de pulmão. O próximo passo da ciência, no momento, é aprimorar os efeitos do medicamento e aumentar a sua eficácia.

O objetivo é fazer com que a vacina funcione para todos os tipos de câncer, para isso, o país fez uma parceria com o instituto Roswell Park, de Nova York, e a previsão é que, em até oito meses, sejam aprovados os seus testes.

A partir do aval positivo, prevê-se que os testes clínicos comecem a ser feitos em até um ano. Desde já, a possibilidade de cura por meio do medicamento traz esperança para milhares de portadores de câncer no mundo.

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: Chockchai Paralart/123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.