Bem-Estar e Saúde

Halls preto ajuda no orgasmo feminino? Saiba para que serve e se há riscos

Foto: Reprodução
Halls preto ajuda no orgasmo feminino Saiba para que serve e se há riscos 2 1200x650 1

Provavelmente você já ouviu falar que o halls preto aumenta o prazer durante o sexo oral.

Apesar de ainda não existir nenhuma pesquisa científica que comprove os benefícios da prática, sabe-se que o efeito refrescante da bala, muitas vezes, contribui para o orgasmo.

Mas para que serve o halls preto e como ele contribui com o prazer? Ele pode ser usado durante as preliminares ou durante a realização do sexo oral e dar a sensação de frescor nos órgãos genitais.

De acordo com Lilian Fiorelli, ginecologista e sexóloga especialista em sexualidade feminina pela USP (Universidade de São Paulo), durante a relação sexual o corpo inteiro é alterado e o frescor da bala pode impulsionar algumas sensações.

Após a excitação, há aumento da circulação sanguínea e da vasodilatação na região pélvica e surge a lubrificação vaginal. Com isso, o local fica mais sensível e quanto mais estímulo tiver, maior será o prazer. O frescor da bala, em algumas pessoas, amplia a sensibilidade tanto da língua quanto da região íntima, o que costuma ser bastante prazeroso”, explica a sexóloga.

Além disso, segundo as especialistas consultadas, experimentar novas sensações é sempre válido para aumentar o prazer durante o ato sexual. Mas é importante se atentar se o uso de halls preto causa alguma reação adversa após o sexo.

O orgasmo é uma das fases da resposta sexual humana e para que se experimente essa sensação, cada mulher necessita de determinados estímulos para sentir desejo. Por isso, o halls preto é uma alternativa, já que ativa a excitação e contribui para o clímax feminino”, destaca Danila Oliveira, enfermeira especialista em sexualidade da Maternidade-Escola Assis Chateaubriand, do Complexo Hospitalar da UFC (Universidade Federal do Ceará), que faz parte da Rede Ebserh.

O halls preto pode causar riscos à saúde da mulher?

No entanto, fica a dúvida: será que, no caso das mulheres, o uso de halls preto no sexo oral prejudica a saúde? Depende. É importante ressaltar que a bala refrescante não foi desenvolvida para ser usada durante o sexo.

O halls preto foi elaborado, testado e aprovado para o consumo oral, ou seja, boca e demais órgãos que fazem parte do sistema digestório. No entanto, em contato com órgãos como a vagina, pênis e a boca, poderá causar reações inesperadas, como irritações e incômodos

No caso das mulheres, por exemplo, o que se sabe é que o uso de balas na região íntima feminina costuma alterar a flora vaginal, ou seja, a quantidade de microrganismos que habitam a vagina. Isso acontece porque o halls preto contém açúcar em excesso em sua composição.

Com isso, provoca irritação no local e altera o equilíbrio imunológico, levando ao surgimento de infecções na região íntima. O açúcar presente no halls preto aumenta a proliferação de bactérias e fungos patogênicos. E a mulher fica mais suscetível a ter candidíase, por exemplo”, afirma Monique Valois, ginecologista, mastologista e obstetra do Hospital Dia Campo Limpo, administrado pelo Cejam (Centro de Estudos e Pesquisas Dr. João Amorim).

A candidíase, doença citada pela especialista, ocorre quando há alguma alteração no equilíbrio da vagina e favorece a infecção fúngica, ou seja, doença provocada por um fungo (geralmente Candida albicans).

Nesses casos, o sexo oral contribui com o surgimento do problema de saúde, já que o ato sexual com o halls pode irritar a mucosa vaginal.

Entre os sintomas de candidíase, estão:

  • Corrimento de cor branca, semelhante a leite coalhado;
  • Coceira intensa;
  • Desconforto ou ardência durante o sexo ou ao urinar;
  • Vermelhidão e ardor.

Quando sentir qualquer desconforto vaginal ou sintomas desagradáveis, a mulher deve buscar a orientação de um ginecologista. Por meio de exames, é possível descartar problemas de saúde mais graves e tratar adequadamente a candidíase. Geralmente, indicam-se cremes locais e medicamentos orais para controlar os sintomas.

Cuidado com o halls preto durante a penetração
Não é recomendado introduzir o halls preto na vagina durante a penetração. Há o risco de se “perder” a bala na vagina ao chupá-la ou ao tentar introduzi-la com o pênis, objetos ou com a língua. Além de quebrar o clima, a mulher pode sentir muito desconforto até que o halls seja dissolvido pelo organismo.

E nem todas as mulheres gostam da experiência. “O halls preto é bastante intenso e algumas mulheres são mais sensíveis ao frescor. Sendo assim, em vez de sentir prazer, elas costumam sentir dor e desconforto durante o sexo oral com a bala”, completa Fiorelli.

Troque o halls preto por produtos eróticos
Apesar de ser uma alternativa mais barata e acessível, os profissionais consultados afirmam que vale a pena trocar o halls preto por produtos eróticos específicos.

Há diversos itens disponíveis no mercado de sex shop que também aumentam a sensibilidade da região íntima, dão a sensação de calor ou frescor na vagina. Geralmente, os produtos eróticos tendem a causar menos reações adversas e poucas alterações da flora natural do órgão feminino.

Existem no mercado diversos produtos eróticos que são pensados e recomendados para esse tipo de uso. Por isso, ao entrar em contato com as mucosas não provocam irritações. Normalmente, se apresentam em forma de cápsulas e podem ser introduzidas na região genital ou anal, ajudando inclusive na lubrificação”, finaliza Oliveira.

0 %