Pesquisa mostra que a meditação reestrutura seu cérebro em menos de 8 semanas

2min. de leitura

A pesquisadora e neurocientista de Harvard, Sara Lazar, descobriu que sua estrutura cerebral muda visivelmente depois de menos de 8 semanas de meditação. Não viram nenhuma mudança no grupo de controle.



Tem sido provado que a meditação aumenta o tamanho do cérebro – um maior volume de massa cinzenta especificamente – no córtex órbito-frontal direito, giro temporal esquerdo e volumes significativamente maiores no hipocampo direito.

Essas áreas são especialmente importantes em tarefas relacionadas com a atenção, regulação emocional e flexibilidade mental.

Também foi descoberto que a meditação reduz o tamanho da amígdala. A amígdala está associada com medo e respostas ao estresse.


Em um artigo de investigação por Eileen Luders, também foi dito que:

“As regiões do hipocampo e órbito-frontal têm sido implicadas na regulação emocional e controle de resposta. Assim, volumes maiores nestas regiões podem contar para meditadores habilidades singulares para cultivarem emoções positivas, manterem a estabilidade emocional, e se envolverem em comportamento consciente.”

O hipocampo é essencial na formação de memórias de longo prazo, através da consolidação de memórias de curto prazo. Se você não está feliz com a sua memória, há um remédio simples. Sente-se e deixe ir esses pensamentos.


 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Spirit Science

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.