ColunistasComportamento

10 atitudes para melhorar sua comunicação:

Ninguém tem bola de cristal: seja claro sobre o que você quer!



É paradoxal, mas em plena Era da Comunicação, com a tecnologia se transformando a cada minuto, nosso maior desafio continua sendo entender e ser entendido. Teclamos, postamos, transmitimos, comentamos, falamos, falamos e falamos, mas…

A comunicação clara, assertiva e eficaz evitaria muitos problemas nos relacionamentos afetivos, nas dinâmicas de trabalho e no trato com os amigos e a família. No entanto, cometemos o erro de achar que o outro tem de “adivinhar” o que realmente queremos. Ou seja: entender nossas meias palavras, compreender as entrelinhas, interpretar caras, bocas e até emojis.

Não raro, meus clientes de coaching relatam a dificuldade que encontram em se comunicar claramente, sem medos, culpas ou reservas. O que percebo é que quando a comunicação fica truncada, a chance de haver um mal entendido aumenta, o que depois nos faz perder tempo demais para tentar explicar o que antes precisava somente ser dito e ponto.


A grande dica é explorar mais o recurso da comunicação para facilitar a vida. Isso mesmo! Se você se comunica bem reduz o estresse, atinge mais facilmente seus objetivos e não deixa dúvidas ou brechas para interpretações distorcidas.

Vejo muita gente sofrendo para adivinhar o que o outro pensa. É a mulher que não sabe exatamente o que o marido pensa sobre determinado assunto. É o filho que não entende o que a mãe quis dizer com aquela cara pensativa. É também o chefe que não explicou detalhadamente o que precisava e agora se irrita e tem de refazer o serviço.

Um dos grandes desafios é fazer o balanço entre a velocidade do pensamento e da fala.

Pensamos demais e de forma acelerada e na hora de falar seguimos, basicamente, dois caminhos: despejamos tudo sem o filtro necessário ou recuamos com meias palavras ou expressões dúbias.


Para ajudá-lo a refinar sua comunicação rumo a melhores resultados, seguem algumas dicas:

1) Elabore bem mentalmente o que quer dizer, principalmente se tratar de um assunto complicado ou da resolução de um problema.

2) Se for preciso, ensaie antes. Diga em voz alta o que precisa falar, pois ao se ouvir, você consegue avaliar melhor se fez boa escolha das palavras.

3) Escolha a entonação e também o melhor momento para se dirigir a outra pessoa. O tom de voz é fundamental para ser bem entendido.


4) Seja autêntico: de nada adianta esconder suas reais intenções e depois ter de voltar atrás e ficar se explicando.

5) Fique atento às suas expressões quando fala com seu interlocutor. Se você passa tensão ou dúvida, dificilmente conseguirá extrair o que realmente quer.

6) Simplifique e vá direto ao ponto. Não faça rodeios ou use palavras difíceis. Seja simples, diga o que tem de ser dito, você tem esse direito.

7) Olhe nos olhos do seu interlocutor. Quando você tem contato visual direto, consegue melhorar o fluxo da comunicação e evita distorções.


8) Dependendo do assunto, prefira falar por telefone ou pessoalmente. Usar redes sociais ou emails pode não expressar exatamente o que precisa ser dito e até causar interpretações errôneas.

9) Definitivamente, não “dê a entender”. Você nunca sabe exatamente como está o humor do outro e isso pode mais complicar do que esclarecer.

10) Seja gentil e polido sempre. Mesmo se o assunto for complicado, poderá ser bem conduzido, se a franqueza e clareza forem a matéria-prima do diálogo.

____________


Direitos autorais da imagem de capa: goodluz / 123RF Imagens

Ninguém é insubstituível, mas existem aqueles que jamais serão esquecidos na esfera da alma…

Artigo Anterior

Priorize sua família: ela sempre estará lá, mesmo quando não houver mais ninguém!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.