12 atitudes simples para traçar seu caminho da felicidade



Você já deve ter pensado: “O que eu tenho de diferente das pessoas que alcançam o que querem?”

E pode ter concluído: Acho que eles têm mais sorte.

Ou ainda pode ter pensado: Talvez sejam mais capazes, com uma genética melhor…

Já passou isso pela sua cabeça em algum momento que você se sentiu frustrado por ver o êxito de colegas em coisas que você gostaria de estar vivendo?

Ser bem-sucedido no que se quer é resultado de características como foco, determinação, motivação, persistência, resiliência, clareza na tomada de decisão. Estas características são encontradas em cérebros positivos. E, cérebros positivos são construídos, treinados, modelados.

Não acredita nisso? Então, vamos ver para crer!

Estudos da neurobiologia mostram que o pensamento muda a estrutura do cérebro. O exemplo do professor da Harvard Álvaro Pascual Leone é perfeito! Ele fez um experimento com grupos de pessoas que tocaram piano com os dedos apenas da mão direita e com grupos que apenas se visualizaram tocando o piano com os dedos da mão direita.

A conclusão do estudo foi que a região do cérebro afetada nos dois experimentos era exatamente a mesma. Ou seja, o treino mental tem uma grande participação no modo como praticamos as coisas. Tanto os exercícios reais quanto os imaginários podem ter um impacto positivo no desenvolvimento do nosso cérebro.

Vamos ver 12 dicas para modelar nosso cérebro da forma certa:

Seja mais aberto a novas experiências, aí novas conexões serão formadas com facilidade. Da mesma forma, como a gente vai à academia para definir os músculos e para ser mais saudável, quando a gente aprende coisas novas a gente faz isso também, só que com o cérebro. E, da mesma forma que os músculos perdem a definição, se você não os exercita, o cérebro volta aos caminhos que sempre fez se a gente deixa de exercitar novas conexões.


Exercite mais a benevolência, a humildade, o reconhecimento, a gratidão, a fé e a empatia, que são bases para relações saudáveis e duradouras. Laços afetivos são importantes para nossa base de bem-estar e felicidade, para essa nova modelagem que nos propomos a fazer.


Tenha propósito de vida. De preferência, fazer o que gosta e, se não puder fazer no momento, planeje quando vai fazer, coloque datas, estipule prazos, pois, para o cérebro, isso é muito importante.


Não deixe que as situações tirem você do sério, que a irritabilidade e a raiva vençam, pois com uma descarga de raiva seu organismo leva seis horas para se recuperar como um todo, sua imunidade baixa, sua pressão arterial pode subir. Espalhe bilhetinhos pela casa, coloque sons no celular, peça para os familiares, colegas de trabalho, amigos, que avisem quando perceberem sua irritação e você não.


Não julgue os demais ou as situações. Pense com mais ângulos de visão. Cérebros positivos não limitam os acontecimentos. Se um amigo disse algo que não gostou, pense que pode não estar num bom momento, pense que ele pode ter razão, reflita em quantas vezes outras pessoas não falaram também a mesma coisa em outras situações. O importante é nunca fechar um julgamento inicial e matar uma possibilidade, uma oportunidade. Escute mais, seja mais empático!

Pare de se culpar ou de culpar os demais.



Adotar papel de vítima só atrasa sua vida. A culpa não serve para nada também, pois vem de uma situação que já passou e, se passou, não adianta gastar energia nisso. Precisamos sim analisar a situação para ver erros cometidos que não precisamos, ou não devemos mais cometer. Analisar o que aconteceu, criar novos cenários para que outras situações tenham o fim diferente no futuro, esse deve ser nosso foco.


Viva o AGORA! Foco é tudo na vida da gente. Transitar o dia todo no passado, ou no futuro, gera ansiedade, angústia, tristeza, medo. As emoções negativas tomam conta quando não estamos vivendo o momento intensamente.


Não se compare. Comparação rebaixa autoestima. Procure ver os pontos positivos que tem e valorizá-los.


Vibre muito mais com acontecimentos que façam você se sentir bem. Intensifique bem-estar e seu cérebro vai sempre liberar química boa.


Seja flexível, tudo o que é rígido tem mais chance de se partir, de se machucar, de quebrar.


Leve a vida de forma mais leve, sorria mais! O sorriso é terapêutico, tem muitos benefícios para sua saúde.


Ative mais seus sentidos, o que libera o quarteto da felicidade de forma mais intensa e efetiva. Enquanto lê, coloque um cheirinho gostoso; quando for comer uma fruta observe a cor, sinta a textura, intensifique o gosto, sinta o cheiro.


São dicas simples, mas que têm um impacto incrível na saúde da gente. Se fizer algumas dessas ações diariamente, de forma isolada ou em conjunto, com certeza seu cérebro ficará mais saudável.

Um cérebro saudável, positivo, gera saúde, bem-estar, criatividade, produtividade, motivação.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / vadymvdrobot






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.