3min. de leitura

A admiração é essencial. Ela é a âncora de um vínculo feliz

Em minha percepção, a admiração é o oxigênio de um relacionamento próspero. Ela é a precursora e a âncora de todos os outros sentimentos que um casal precisa.


admiração anda de mãos dadas com a atração física, elas são faces da mesma moeda. Essa admiração não está, necessariamente, vinculada a uma suposta perfeição estética; a um nível intelectual; a um status financeiro ou algo do gênero. Nem sempre é possível racionalizar a admiração; acontece de você admirar e não conseguir identificar o motivo, você é fascinado(a) pela luz daquela pessoa e pronto.

Eu já presenciei, por incontáveis vezes, casais serem alvos de olhares inquietos. Eu já vi casais compostos por pessoas que fogem do padrão estipulado como “aceitável” pela nossa sociedade, vale lembrar, casais muitos felizes.

Eu já vi e ouvi pessoas exclamando, inclusive com um tom de indignação: “o que esse homem tão bonito e jovem viu nessa mulher?” ou “o que essa mulher tão linda viu nesse homem tão sem graça?” Nessas horas, eu só penso comigo que eles sabem o porquê de estarem juntos, eles se admiram muito, sem dúvida.


Sem admiração, a relação fica capenga, não adianta. Você precisa olhar o seu par e pensar: “Caramba, eu sou muito sortudo(a) por estar com essa pessoa.” É isso que incendeia! Sem admiração, os beijos têm gosto de isopor.

É uma delícia admirar o parceiro nos contextos mais inusitados. Um dia, em Recife, dentro do uber com o meu namorado, eu fiquei babando enquanto ele falava com o motorista, sobre uma música que tocava. Eu pensava: “Meu Deus, como ele é lindo argumentando, como eu amo esse timbre de voz, que homem incrível!”

Nem sempre as pessoas entenderão as razões pelas quais você é tão fascinado(a) por alguém, mas não se preocupe com isso, as razões são suas, você não deve satisfações a ninguém.

O importante é você ser maduro e autêntico o suficiente para reconhecer e assumir aquilo que o impressiona em alguém. Esteja atento(a) para não assumir as escolhas dos outros.


Você admira o seu amor? Marque-o(a) aqui.

Direitos autorais da imagem de capa: Jonas Enriquez/Unsplash.


Gostou da nossa matéria? Clique aqui para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos.



Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.