A caridade é uma prática do bem que enobrece o homem

5min. de leitura

Aqui está uma grande ação para toda a vida: a caridade. Todos deveríamos praticá-la sempre que possível.



Ainda jovem, li algo que chamou muito a minha atenção, que dizia: “Fora da caridade não há salvação.” Pois bem, o tempo passou e cada dia mais acredito nessa frase, ela tem muito significado para mim.

Olhando o mundo e as necessidades das pessoas, acredito fielmente no que li lá atrás. Temos de nos esforçar e praticar coisas boas, no propósito do bem e, se possível, o tempo todo. Arrumar uma forma de ajudar quem precisa é muito importante para a nossa evolução, além de muito gratificante, é claro! E todos nós precisamos de algo em nossa vida; por mais que tenhamos muito dinheiro, nada está completo.

Quando se fala em ajudar o próximo, muitas pessoas pensam que se refere à parte financeira, mas não é somente isso. É claro que muitas entidades e pessoas precisam (e muito!) de dinheiro para se manter e sobreviver. Bem sabemos que nem todas as pessoas do mundo são prósperas e abundantes, nem todas têm emprego, bons salários e boa qualidade de vida. Cada um vive com o seu fardo e projeto de vida. É triste, mas é assim que funciona.


Há muito mais do que dinheiro a se oferecer

Porém, acredite: muitas pessoas precisam só de uma palavra amiga, um abraço, um aconchego, um carinho, atenção, um olhar com brilho e tantas outras coisas que não gastamos nada para oferecer. Muitos estão sem direção. E, para quem já se “achou” de alguma forma, seria de bom tom ajudar quem necessita se encontrar. Fazer o bem sem olhar a quem, entende?

E é claro que não podemos ajudar querendo algo em troca. Lembremo-nos do que o grande mestre Jesus Cristo nos disse: “Que sua mão esquerda não veja o que a direita está dando.” Isso quer dizer: ajude, mas sem alarde.

Quando fazemos algo por alguém, seja quem ou onde for, ficamos com sensação de paz de espírito, de missão cumprida, e isso é tão bom e gratificante! Todos podemos fazer coisas boas, se assim o quisermos, é claro. Todos podemos ajudar o mundo e as pessoas, de alguma forma.


Sempre digo nos meus textos e mensagens: precisamos ser bons e fazer o bem, isso nos eleva como seres espirituais e de luz. A prática do bem enobrece o homem, acredite nisso!

Muitos se juntam para praticar o bem no fim do ano. Isso é fantástico! Mas, acredite, há muita gente e entidades precisando de ajuda durante todo o ano. E se você fizer o bem a alguém que não será lhe grato, não se preocupe com isso. Não mesmo! Continue no seu propósito e faça o bem a quantas outras pessoas você puder. Gratidão não é algo que mora dentro de todos os seres humanos, infelizmente. É muito melhor dar do que receber. E cada um que se entenda com o Universo, de acordo com as suas atitudes. E, querendo ou não, é dando que se recebe.

Como disse acima, é óbvio que não se pode dar algo com o objetivo de troca, mas o próprio Universo é justo, sábio, correto e verdadeiro, Ele mesmo nos retorna diante de todas as nossas ações, sejam elas quais forem.

Na minha percepção, quando se pratica o bem em vários momentos da vida, isso vira um hábito, e com certeza a pessoa sempre estará envolvida em alguma ação ou causa do bem. Isso se chama elevação, algo que nos leva à evolução.

Então vamos nos envolver nessa energia e corrente do bem, que é praticar a caridade? Faremos isso e não nos arrependeremos.

Desejo-lhe tudo de bom e muita luz.

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: Olena Kachmar/123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 23/02/2020 às 5:16






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.