A paixão por alguém que não deveria é uma provação?

Como podemos lidar com uma paixão que sabemos que não é saudável para nós?

O que isso significa e como o yoga pode nos ajudar nessa situação?

Veja aqui meu vídeo sobre este tema.

Todo desejo é uma provação. Desejo é um tema central do despertar e dos textos sagrados do yoga. Afinal, sua vida nada mais é que o resultado de seus desejos.

Desejo é o único poder verdadeiro da alma. A única coisa que pode fazer livremente é desejar. O resto é restrito aos limites impostos pela natureza, a lei, a sociedade, etc.

Na Bhagavad-gita Krishna explica: Capítulo 2, Verso 70: “Aquele que não se perturba com o incessante fluxo dos desejos — que entram como os rios no oceano, o qual está sempre sendo enchido mas sempre permanece calmo — pode alcançar a paz, e não o homem que se esforça para satisfazer tais desejos.”

Então os desejos estão sempre aí, sempre entrando na nossa mente. Faz parte da vida mesmo. O que dizer da “paixão”, o desejo por outro ou outra, que é muito forte.

A questão, portanto, é como lidar com eles, como lidar com os desejos de forma benéfica e saudável. A pergunta que você sempre se deve fazer é essa: “esse desejo é bom para mim ou não?”. 

Analise se o desejo está alinhado com seu dharma e até mesmo o bom senso comum. Esse desejo vai realmente avançar sua vida ou será um atraso? Vai trazer um prazer momentâneo e depois deixar sequelas ruins ou vai me ajudar a ser mais feliz a longo prazo?

Ou seja, precisa pensar. Usar a razão. Não podemos apenas ser guiados pelo desejo desenfreado. A inteligência precisa ser consultada, ainda mais quando sua inteligência já está enriquecida com espiritualidade autêntica, com o “jnana” como descrevemos no livro “O Caminho 3T”.

Portanto, se você já pensa que sua paixão é por “alguém que não deveria”, já indica que é uma roubada mesmo!

Você já sabe que vai se machucar, vai sair pior. É como comprar algo que não precisa ou nem podia. O resultado não será nada bom. Então, com a força de seu autocomando, com domínio de sua vida, você interrompe o processo — corta na raiz!

Eu gosto de pensar em termos de propósito, de missão de vida. Quando surge um desejo, eu me pergunto: “isso aqui faz parte de minha missão?”. Aquilo que está sendo desejado vai fortalecer sua missão ou ter harmonia com ela?

Voltando à pergunta original, vale então estudar seriamente se a pessoa por quem está sentindo essa paixão é a pessoa certa para você. Esse vídeo pode ajudar nesse sentido: “2 coisas para saber se encontrou a pessoa certa para amar”.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / sergeyaksenov




Deixe seu comentário