A regra dos 5 segundos

A pesquisadora Mel Robbins fez uma descoberta surpreendente em sua vida. No fundo do poço, desanimada e perdida, um dia ela, do nada, pensou, “vou levantar desse sofá e fazer algo de útil em 5,4,3,2…1 já!”. E ela levantou e fez o que precisava fazer, ao invés de ficar procrastinando no sofá.

Aqui uma dica tão simples que parece até boba, mas que realmente funciona, para mudar os caminhos de sua vida.

Aprenda aqui “A regra dos 5 segundos” para adquirir novos hábitos e vencer velhos vícios.


A pesquisadora Mel Robbins fez uma descoberta surpreendente em sua vida. No fundo do poço, desanimada e perdida, um dia ela, do nada, pensou, “vou levantar desse sofá e fazer algo de útil em 5,4,3,2…1 já!”. E ela levantou e fez o que precisava fazer, ao invés de ficar procrastinando no sofá.

Daí em diante ela começou a fazer isso para tudo. Toda hora que precisa fazer algo que não estava fazendo, ela iniciava sua contagem regressiva “5,4,3,2…já!” Em poucos meses sua vida se transformou. Foi do buraco para o sucesso.

Intrigada, ela começou a pesquisar seriamente para tentar entender como algo tão bobinho como contar de 5 poderia transformar a vida dela. Aos poucos foi ensinado a técnica para outros que também relataram mudanças fenomenais.

Em seguida escreveu um livro com suas pesquisas, “The 5 Second Rule: Transform your Life, Work, and Confidence with Everyday Courage”. Aí que realmente ficou materialmente muito bem-sucedida! O livro é um best-seller tremendo.

Então, como pode algo tão bobinho funcionar?

A base de tudo é o que ela chama de sua sabedoria interna, um termo que achei bem legal. Você, no fundo, sabe o que é bom. Sabe o que é melhor de fazer. Mas a gente se enrola. Autossabotagem: todos fazem em menor ou maior grau. A ideia dessa simples técnica é vencer esta inércia, esta gravidade nos puxando para baixo. “Vou fazer o que é certo, o que é melhor SIM!”.

Esse tema da “sabedoria interna” é muito importante. Você sabe o que precisa fazer. Na minha visão, você é uma centelha divina. Você é uma pessoa do bem. Sua essência é pura e perfeita. Você tem, portanto, acesso a sabedoria divina. Basta acalmar a mente e cultivar seu “olhar interno”. Numa linguagem mais devocional, basta ouvir Deus lhe guiando no coração.

Essa técnica pode mudar sua vida no sentido de você cada vez mais ouvir “seu lado bom”. Cada vez mais pensar, qual o melhor de mim? Na linguagem do Caminho 3T: qual meu dharma nessa situação? O que se pede de mim? E aí realmente buscar ser a melhor pessoa que pode.

Isso funciona. Não é papo motivacional. É uma postura de vida que se cria aos poucos e que é fortalecida a cada boa decisão que toma, a cada vez que de fato prioriza seu dharma, sua sabedoria interna, e não qualquer influência mental negativa, preguiça, raiva, etc.Isso é assumir o comando de sua vida. O que eu digo ser o 2º passo essencial para plenitude. Veja mais neste vídeo. Quando sente que está perdendo o controle: aí contagem regressiva 5,4,3,2…1! De volta no comando, foco no dharma, foco no aqui e agora.

Então experimente você e veja o resultado. Com isso vá mudando sua vida ato por ato, dia por dia.

Seu amigo,
Giridhari Das


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / estradaanton




Deixe seu comentário