publicidade

A verdadeira beleza é um conjunto de muita harmonia interior

Tem gente que quanto mais fala mais tenho vontade de escutar. Tem gente que tem mais que beleza externa, tem uma beleza exuberante da alma, me dá vontade de ficar olhando e olhando mais.



Homem ou mulher, na verdade, o que admiro e me encanta vai além do que os meus olhos conseguem ver. A beleza, para mim, vem de algum lugar do infinito de cada um, e isso me faz querer ver um pouco mais do que aquele ser possui dentro de si.

A beleza verdadeira é um conjunto de muita harmonia interior. Ao olhar, vemos mais do que os nossos olhos conseguem enxergar.

Gosto de decifrar a composição de cada ser, tantas particularidades, segredos, coisas exclusivas e únicas que compõem cada um de nós.

Eu me interesso muito por gente com esse infinito, gente que expressa muito mais do que o seu corpo físico é capaz de mostrar, gente que sabe se expressar além. Gente que eu olho nos olhos e vejo mar, vejo cor, vejo rio e muito mais, eu elogio, valorizo.

Tenho um defeito: não consigo ficar olhando pessoas somente pela superfície, pelo seu corpo, por suas roupas e apetrechos externos, pela marca do seu perfume, preciso ver organismo, preciso olhar algo que não está no material, algo muito maior.


Sou de profundidades, de muitas realidades, não me ligo a coisas exteriores. Percebo mais do que músculos, percebo as sinapses, os neurotransmissores, quero ver ser humano em sua grandeza, não sou adepta a olhar somente o corpo em sua forma física, observo o que vai no interior de cada um. Percebo o valor da alma, que não é possível ser medida por atributos físicos.

Quero mais das amizades, dos contatos, dos relacionamentos, dos afetos, não me basto nem me conformo com quantidades, com generalidades, prezo a qualidade, sou de encontro único.


Eu sou de dar atenção à reflexão e à filosofia que cada um tem no coração.

Quem só fala com voz e palavra me cansa. Não sou adepta a coisas superficiais, gosto mesmo da grande mistura, pessoa inteira, da mente, do espírito e do infinito de possibilidades de toda gente.

Não consigo dar atenção ao tom sem alma, sem calma, sem letras viscerais, não consigo prestar atenção ao som, se não houver explosão da alma.

O que me encanta é você com a mão no cabelo sorrindo com seu coração, com certa timidez de expor algo que nem você consegue decifrar, mas que gostaria de saber explicar.

Gosto de carinho descomprometido com o corpo, mas totalmente comprometido com o afeto e o coração.

Sinto certo encantamento por todas as pessoas que desfilam com brilho das suas almas, que têm muito a dizer, e dizem com as palavras intensas de verdades do afeto, que andam por aí ostentando paz e certa leveza de espírito, que não se incomodam com injúrias ou críticas, e falam o que sentem e pensam. Essas pessoas são de arrepiar, e penso que cada pessoa assim merece muito a minha atenção.

Gosto de ver essas pessoas passarem, gosto de ouvir essas pessoas falarem. Desculpa-me, mas a outras pessoas eu não consigo prestar nenhuma atenção.

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.