Colunistas

Alguns desistem na primeira derrota. Outros persistem, pois sabem que o tempo de Deus é outro

caique silva 0u5X8f9keSY unsplash

Tudo na vida depende do nosso ponto de vista. Alguns enxergam a destruição como a imagem do fim; outros reconhecem-na como o perfeito momento para reconstruir com mais força e motivação!



Nesse momento, conquista-se o profundo e verdadeiro entendimento do significado da palavra “fé”!

Alguém poderá transformar uma situação ruim em uma aula de vida e, esse alguém poderá ser você.

Todos vivemos momentos não desejáveis, todos nos molhamos com as tempestades e nos queimamos com os incêndios da vida, mas torne tal momento naquele mais propício para se reerguer das cinzas, como uma esbelta e imponente fênix.


Torne o fundo do poço o seu alicerce para se impulsionar e alcançar a mais alta montanha.

Não desanime! Lembre-se que quem segue adiante do limite “desânimo”, mesmo sem forças, enxergará que esse é o exato momento em que não poderia ter desistido de prosseguir, pois os frutos da luta começarão a ser colhidos do ponto de chegada para uma nova partida rumo à vitória.

A diferença entre os derrotados e os vitoriosos é exatamente esta: alguns desistem na primeira derrota; outros, porém, persistem e sabem que o momento divino é outro, pois Deus enxerga ao longo de todos os tempos, especialmente adiante e, mais do que isso, Ele conhece profundamente a nossa essência e a dimensão das nossas forças.

Transforme uma situação ruim em uma aula de vida. A partir do momento em que sua vitória for conquistada, após o esgotamento das suas forças, essa luta servirá de exemplo a tantas outras pessoas que não suportam mais prosseguir, pois suas forças físicas exauriram.


Seja a força espiritual delas. Seja a motivação dos desanimados. Seja o ponto de luz na escuridão de alguém.

Alguém poderá transformar uma situação ruim em uma aula de vida!

Seja um professor, mas nunca deixe de ser um aluno de Deus!

 


Inspiração: “Enigma – Todo começo tem um fim” (Ed. Letras do Pensamento, 2018) e “Irmandade das mulheres Cleópatras”, produção independente (Ed. Umazon), ambos de Christie Christen.

Desprenda-se daquilo que não lhe faz bem para que novas coisas cheguem

Artigo Anterior

5 passos para praticar o perdão e sentir o seu poder se manifestar em sua vida

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.