publicidade

“As pessoas exigem das outras pessoas qualidades que ainda não possuem”

A hipocrisia faz as pessoas exigirem das outras aquilo que ainda não conseguem fazer, não conseguem ser e muito menos desempenhar.



Como sabiamente dizia Chico Xavier: “Exigem das outras pessoas qualidades que ainda não possuem.”

Antes de julgar e criticar alguém, veja, reveja seu ser, suas atitudes. Nada é tão vil quanto a busca desenfreada de encontrar os erros alheios.

Nada é tão vil quanto ficar o tempo todo julgando, criticando as pessoas e não ter um olhar sequer para as próprias atitudes e não fazer autoanálise para entender que todos os seres humanos são vulneráveis, suscetíveis a erros enquanto estão vivos.

Na caminhada da vida, existem muitas coisas adversas, muitas situações testando o equilíbrio, o bom senso, a capacidade do amor de cada um, a capacidade de sentir e de avaliar de todas as pessoas.

A vida desafia. É nos momentos mais delicados, nos momentos mais difíceis que a vida mostra quem cada um é de verdade. Nestes momentos a vida revela o que de verdade existe dentro da gente, quem somos de fato, sem subterfúgios. A vida revela o que existe no coração e na alma de cada um.


É com os golpes duros da vida, através das grandes decepções com várias pessoas de nossa estima, de nossos mais profundos afetos, que podemos perceber o que de pior e de melhor existe de verdade em cada um.

É possível que você seja bombardeado, é possível que se desequilibre, pode até ser muito justificável sair do seu eixo. Mas o que realmente pode dizer quem é você são suas emoções mais profundas, as que resolve escolher, independentemente do mal ou bem que sucede com você, são suas atitudes.


Nobreza de sentimentos não é circunstancial, é essência que se pode ter, independentemente de pessoas quererem direcionar o pior para você. Não é o outro que dita como você irá se sentir. O comportamento do outro não define o seu comportamento, muito menos seus sentimentos definem seu modo de agir.

Quando determinamos interiormente a melhor forma do sentir, não compactuamos com absolutamente nada que não seja da luz, não compactuamos com nada e com ninguém que não sirva a luz. Independentemente de qualquer pessoa e circunstância, encontramos uma forma de fazer novamente um realinhamento no equilíbrio e na luz.

Quem serve à luz, só à luz, e não deixa sua vida, seu coração nem sua mente serem dominados por qualquer um, não deixa a treva dominar. Sabe distinguir o que pertence ao seu coração e o que não pertence.

Respeite a possibilidade dos outros, não exija do outro lucidez, bom senso, afeto. Seja você um lume, exercite continuamente tudo aquilo que deseja nos outros. Aperfeiçoe-se, cuide dos seus sentimentos, invista todos os dias no aprimoramento do amor e irradie a sua luz de amor para todos que se aproximarem, sem se ater ao mal, ao comportamento destrutivo de muitos.

Apenas se concentre no seu bem, sem julgar ou criticar ninguém. Mas não permita que o mal do outro invada o seu ser. Preserve-se, proteja-se!

Paz e bem!

 

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.