ColunistasProsperidade

As suas contas te causam pânico?

Semana passada estava fazendo um atendimento, e minha cliente disse que gostaria de terminar o ano com as contas pagas.



Ai perguntei para ela quando começa chegar no final do ano ou início do mês você já começa a entrar em desespero? O curioso e que ela que fica tranquila, eu falei para ela para mim causa pânico. E assim surgiu essa classe e artigo.

Comecei  olhar para minha própria situação e percebi que nem sempre foi assim. Então o que mudou? Tudo? Nada? Então voltei para as primeiras ferramentas do Access ConsciounessTM

“O seu ponto de vista cria a sua realidade” Gary Douglas


Qual é o meu ponto de vista sobre as contas? Sobre dinheiro? Sobre dívidas?

Qual é o seu ponto de vista sobre as contas? Sobre dinheiro? Sobre dívidas?

Para mim comecei a olhar que toda vez que pagava uma conta estava focada na falta, no desespero, na obrigação. E comecei a me questionar (outra ferramenta do Access ConsciousnessTM – fazer perguntas – mais sobre isso no próximo post) E se pagar as contas for uma contribuição na minha vida? E se não tiver nada de errado em pagar as contas em atraso? O que estou criando com essa falta de dinheiro? Como posso mudar isso?

E com essas perguntas o meu mundo mudou, percebi que o universo é infinito e que as minhas escolhas me trouxeram onde estou agora. E assim comecei a fazer escolhas financeiras diferentes e seguir o que funciona para mim. Seguir a energia do que é divertido e leve para mim. Não existe fórmula certa para ter mais tranquilidade na hora de pagar as contas. Cada pessoa é única e o funciona para uma pessoa nem sempre funciona para os outros. Apenas continue fazendo perguntas.


Como pode ser mais divertido pagar as contas? Como pode ser mais fácil e tranquilo?

Com total abundância & diversão!

Fernanda Menezes


Conheça as 12 leis da gratidão que mudarão completamente a sua vida!

Artigo Anterior

Devemos entender nossas próprias responsabilidades!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.