Casais com idades diferentes podem, sim, estar apaixonados!

4min. de leitura

Pessoas ainda se incomodam quando veem um casal com idades diferentes juntos. Mesmo em pleno século XXI “muitas vezes,” isso é considerado uma aberração.



Em alguns casos, por pressão de uma sociedade hipócrita e ainda careta, pessoas desistem de viver histórias que poderiam, ou não, dar certo, mas que elas só iriam saber se tivessem apostado.

Muito se fala de interesse econômico, como se um homem mais velho com uma mulher mais jovem ou vice-versa, só pudesse acontecer se o tal dinheiro estivesse envolvido. Não que isso não possa ocorrer, afinal TUDO na vida é possível e nenhuma verdade é absoluta. Porém, generalizar e julgar a vida alheia é tão vil, que as pessoas deveriam pensar duas vezes antes de fazê-lo.

Na vida, quase tudo é interesse e nem sempre é financeiro. Acontece, que na grande maioria das vezes, as palavras do nosso rico vocabulário são interpretadas de formas diferentes, dando assim uma conotação mais branda para determinadas situações.

Pessoas com idades diferentes podem estar verdadeiramente encantadas umas pelas outras, afinal, as diferenças são muito mais atraentes do que se imagina! Uma pessoa mais velha é capaz de oferecer um requinte e um charme especial à relação. A sabedoria, a experiência e a calmaria são pontos fortes e positivos. O mais jovem é entusiasta, dinâmico, tem uma pitada de inocência e o frescor da juventude. Talvez isso tudo junto possa ser um afrodisíaco inusitado para apimentar a paixão entre ambas as partes.


A vida, indiscutivelmente, é uma troca, e o que importa é “essa troca” estar satisfazendo as necessidades das partes envolvidas. Cabe exclusivamente a estas pessoas decidirem se isso lhes faz feliz ou não, se o que outro oferece é suficiente ou não. Ninguém pode ser enganado por muito tempo, máscaras costumam cair. Pessoas só se submetem ao que de verdade lhes convém. Então, para quê se preocupar tanto com a vida de quem decide por conta própria exercer o que lhe dá prazer?

Fazer projeções do que vai acontecer daqui a um mês, um ano é leviano, se nem sabemos ao certo se estaremos vivos amanhã.

Deixar de julgar os outros e a si próprio pode ser uma forma de se libertar para uma vida mais leve e descompromissada. Pessoas têm que entender que o amor é a essência de tudo, e que ele não tem idade, tampouco raça, gênero e nacionalidade.

Cada um tem o direito de amar quem quiser amar, do jeito que bem entender. Deixemos então a paixão fluir e o amor se aconchegar.


O importante é agradecer sempre a Deus e ao universo a oportunidade de ter tido a coragem de viver tudo o que se quis viver. Nada é em vão, tudo é um aprendizado e se no final esse romance acabar, é porque durou o tempo que tinha que durar. Desfrutar do momento presente é bem mais satisfatório, gratificante e feliz!

__________

Direitos autorais da imagem de capa: auremar / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.