Coloque o dedo na cara das suas decepções e diga: “vocês nunca vão me fazer desistir do amor”.

4min. de leitura

Diariamente eu leio nas redes sociais, em forma de desabafo, ora em tom de revolta, ora em tom de melancolia, muitas pessoas afirmando que desistiram do amor, que homem nenhum presta, que mulher não vale nada e por aí vai.



Ao que parece, são pessoas que optaram por desistir daquilo que, particularmente, considero uma das melhores experiências  dessa  vida: o amor.

São pessoas que, provavelmente, por terem se relacionado com as pessoas erradas, saíram marcadas, carregando na alma essa amargura e essa descrença. Sinceramente, eu torço para que sejam bloqueios temporários e que essas pessoas ainda possam ser surpreendidas com uma linda história de amor.

Acontece muito de eu ouvir desabafos pessoalmente, seja de amigos, conhecidos ou mesmo estranhos. Basta que alguém veja o meu pingente com o símbolo da psicologia para que algum assunto relacionado ao tema relacionamento surja e, eu sempre ouço na maior boa vontade, óbvio.

E eu sempre devolvo com o meu ponto de vista poético e romântico sobre o assunto, isso mesmo, eu nunca perco a oportunidade de encorajar as pessoas desiludidas sobre nunca desistir do amor.


Eu faço questão de dizer que o amor sempre estará disponível para quem acredita nele. Eu insisto para que elas entendam que o fato de elas terem se relacionado com pessoas que não as fizeram felizes, não significa que seja o fim.

Eu reforço a ideia de que há casos em o parceiro é uma excelente pessoa, mas não combina com a gente, ele não fala a nossa linguagem do amor. Em síntese, é isso: se alguém espera desabafar comigo sobre desilusão, ele precisa estar preparado para ser contrariado, pois não deixo barato, eu farei de tudo para que ele reveja a decisão dele, eu posso até concordar que ele deva, sim, desistir de uma pessoa, mas nunca, do amor.

Querido(a), não podemos ser tão reducionistas, entenda, nesse planeta tão gigante há de existir alguém que esteja louco para relacionar-se com alguém exatamente como você. Abra esse coração, esteja emocionalmente acessível, não bloqueie essa possibilidade de ser feliz. Precisamos ter em mente que, o primeiro passo para conseguirmos algo é acreditando nessa possibilidade.

Eu sempre deixo bem claro para todas as decepções que vivi, e que não foram poucas: “vocês nunca serão capazes de me fazer desistir do amor”. Eu não vou viver em função das experiências que não deram certo, sinceramente, num coração de uma poetisa não há espaço para essas amarguras. Sigo com o mesmo entusiasmo de menina, imagina que eu vou desistir do amor…nunquinha!


Eu preciso acreditar no amor para continuar escrevendo mensagens que emocionam, para me sentir viva, para me sentir bonita e para me sentir única.

Então, querido(a) leitor(a), não permita que os seus desacertos do passado determinem o seu presente e o seu futuro. Existem infinitas possibilidades para cada um de nós, acreditar nelas já é meio caminho andado.

Gratidão…até a próxima.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.