ColunistasFamília

Com o tempo descobrimos que a família é o bem mais precioso de nossas vidas

Mas temos que pensar friamente, se a pessoa que vamos escolher para ter uma vida em comum comunga da mesma intenção, dos mesmos anseios e sonhos que nós.



É fundamental que coloquemos a razão em primeiro lugar em prol dos sentimentos. Nosso coração pode nos enganar e levar-nos a más escolhas, que influenciarão todos os aspectos de nossa vida.

Quando saímos da nossa primeira família, que é formada por nossos pais e irmãos, para formamos a nossa, temos que pensar muito bem antes de tomarmos qualquer decisão. Um passo em falso pode colocar tudo a perder.

Ninguém é melhor que ninguém. Mas temos que pensar friamente, se a pessoa que vamos escolher para ter uma vida em comum comunga da mesma intenção, dos mesmos anseios e dos mesmos sonhos que nós. Se é capaz de caminhar lado a lado. E principalmente se terá disposição suficiente para acompanhar na saúde e na doença, na riqueza ou na pobreza, etc. Enfim, em todos os momentos da vida.


Se será capaz de nos fazer bem e felizes. Se nos transmitirá paz, segurança e tranquilidade. Se nos apoiará e lutará conosco para vencermos juntos todos os desafios. Resumindo, se teremos os mesmos objetivos que nos levarão para a mesma direção, sem deixarmos faltar o carinho, o respeito e a amizade.

Todo o resto pouco importa. Não interessa a falta de beleza, o dinheiro contado, as contas feitas na ponta do lápis, as diferenças de cada um, se estiver presente o ingrediente principal: o amor, bem como a astúcia de pequenas atitudes que manterão acesa a chama da paixão.

Família é tudo e o bem mais precioso da vida. Nada paga o preço de uma família bem constituída e unida por laços de afeto.

Nada paga o preço de ver uma família reunida em volta da mesa para festejar o domingo e, mais que isso, de fazer parte de uma.


Não podemos confundir nem nos iludir. Uma linda família todo mundo pode ter. São aquelas de fachada e de lindas fotos em redes sociais. Mas uma família linda, que valha a pena de verdade, é realmente para poucos.

É coisa séria, com a qual não podemos brincar. É importante que tenhamos calma e prudência para podermos desfrutar de algo tão precioso, que nos completa ao acrescentar tudo de bom e do melhor. Que nada nos exige nem nos cobra. Que não nos pesa. Que nos faz sentir livres, leves e soltos, sem qualquer tipo de pompa, cerimônia ou frescura. Que nos faça sentir à vontade, descontraídos, felizes, como se fôssemos de casa, aquela sensação única da casa de nossos pais queridos.

Nada de pressa. Não podemos esquecer que apressado come cru e que podemos perder a grande chance da hora certa, se formos precipitados.


Sua autoestima está em baixa? Então, pare tudo e leia este texto!

Artigo Anterior

Confia que tudo está sob o controle de Deus. Ele sabe todas as coisas

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.