3min. de leitura

Como anda sua vida fora do Instagram e do Facebook?

Vivemos em um baile de máscaras. Nem todas as máscaras são bonitas, mas algumas são tão deslumbrantes que nos hipnotizam, distraem e nos esquecemos de tentar descobrir quem se esconde por trás.


Falta originalidade, falta humanidade, os robôs já foram criados e já estão até dando entrevistas (pasmem)! Isso é realidade, não é piada, não!

E nós como ficamos nessa era de tecnologia avançada, de inclusão digital, de mídias sociais que ditam as regras e impõe os padrões de quase tudo? 

Estamos perdendo muito tempo de nossas vidas, distraídos com tantas máscaras bonitas, e nossos sentimentos estão ficando cada vez mais robotizados. Tenho a sensação de que perdemos o senso do real, do verdadeiro, do importante.

Como anda sua vida fora do Instagram e do Facebook?

Como andam seus encontros consigo mesmo? Quando se olha no espelho, você vê sua imagem refletida ou vê uma máscara?


Essa nova era exige nossa atenção, porque o nosso coração anda sofrendo. Sofrendo de frustração, por não ter a vida perfeita que é, diariamente, exibida na nossa linha do tempo de algum aplicativo.

Nosso coração está sofrendo de solidão, porque a maioria dos amigos, amores e até parte da família, moram na tela do celular.

Acessibilidade, essa é a palavra que governa nossa geração. Estamos tão perto e ao mesmo tempo tão longe, de tudo, inclusive de nós mesmos.

Por isso, eu lhe peço: sinta e viva!


Sinta as pessoas, almeje por arrepios, calafrios, toques, sensações, ao invés de seguidores e curtidas.

Vamos usar as inovações tecnológicas e digitais em nosso favor, sem permitir que isso nos faça esquecer como é de fato viver. Eu não sei você, mas eu não quero só existir, eu quero desse mundo tudo que ele tem para me oferecer.

Respire mais ar puro, assista mais ao pôr do sol, apaixone-se, perca-se, encontre-se, e, se para isso for preciso se distanciar, dê um tempo sim, desse mundo cheio de bocas que falam muito, mas que, às vezes, não dizem nada.

Tire a sua máscara e vá viver!

____________

Direitos autorais da imagem de capa: antonioguillem / 123RF Imagens




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.