Como saber se aquela pessoa está sendo realmente sincera com você

3min. de leitura

As pessoas sinceras permitem que as demais as conheçam de verdade, sem máscaras sociais, seja para pertencer a um grupo ou para agradar a alguém.



Muitas pessoas conseguem facilmente ser sinceras, enquanto outras reprimem seus sentimentos, escondem-se por trás de um falso “eu”, às vezes, até fingem indiferença a um fato, mas por dentro estão se corroendo.

Quem reprime seus sentimentos experimenta uma tensão forte, uma preocupação, isso porque a supressão de sentimentos eleva a pressão arterial. Isso não quer dizer que todas as pessoas com pressão alta são insinceras, estamos nos referindo ao momento em que estão se relacionando socialmente.

A fraqueza é a resposta-padrão do cérebro: nossos circuitos neurais transmitem toda e qualquer alteração de humor nos músculos da face, tornando nossos sentimentos visíveis instantaneamente. (Daniel Goleman)


O problema é quando alguém não é sincero, porque isso causa sérios danos internos e sociais.

A verdade é que dá para detectar tudo isso, há um certo ar de desconfiança. Quem é sincero não consegue se conectar com essa duplicidade, porque o radar neural, presente em cada um de nós, detecta a contradição, ativando a amídala cerebral, local especializado em vigilância para ameaças e conflitos.

Esse receio ocorre inconscientemente, mas a falta de sinceridade é uma mentira consciente e intencional, ocorre para manter o controle de um fato que a pessoa não quer deixar vir à tona.


Uma pessoa sincera reflete o sentimento da outra, quando seu cérebro capta o estado mental/emocional do outro. Esse fenômeno ocorre por meio da empatia, uma sintonização, ou seja, sutilmente, esses estados entram em seu campo, mesmo que ela não queira.

Pessoas sinceras

Prestam atenção no que as outras dizem
Provocam uma boa sensação pelo tom de voz e expressão facial
Sentem liberdade para expressar suas emoções, são espontâneas


Pessoas insinceras

Distraem-se durante a conversa
Sensação desconfortável, respostas fora de hora e estranhas pausas.
Ficam inquietas ou paralisadas de medo

Fonte: adaptação do livro “Inteligência Social”, de Daniel Goleman (2019).

Numa conexão, as pessoas sentem respeito mútuo, cumplicidade, afinidade, participando, de alguma forma, da experiência da pessoa com a qual conversam.

As pessoas sinceras permitem que as demais as conheçam de verdade, sem máscaras sociais, seja para pertencer a um grupo ou para agradar a alguém. Elas não têm medo de ser quem são, porque já transcenderam tudo isso.

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Amor: rawpixel/123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.