4min. de leitura

COMO TODO MUNDO DEVERIA SER…

Hoje à tarde me aconteceu uma situação que muito me fez pensar sobre a vida. Eu estava caminhando sozinho em um parque, com meu celular na mão e tentando me achar por um mapa nele. Um casal de mais idade me abordou para pedir informação sobre a cidade, porém tratei logo de explicar que eu também não era dali:


– Me desculpem amigos, mas sou a pessoa errada…

Eles sorriram de volta pra mim e a senhora me respondeu:

– Claro que você é a pessoa certa, apenas não pode nos ajudar! Foi um prazer te conhecer, tenha um ótimo passeio e seja muito feliz. – Dali eles saíram às gargalhadas com alguma história que um contou pro outro e foram provavelmente pedir informação pra outra pessoa que pudesse os ajudar.


como-todo-mundo-deveria-ser-capa

Automaticamente após aquela série de palavras gentis e a adorável forma daquele casal falar, me peguei sorrindo também. Apesar de eu estar completamente sozinho por ali, me senti de certa forma acolhido. E então, como se em um instante, pareceu que o dia mudou de cor.


O constrangimento que eu vinha sentindo de pedir às pessoas para baterem uma foto minha ou mesmo me ajudarem a encontrar lugares que vinha procurando simplesmente desapareceu. E tudo pareceu fazer um pouco mais de sentido.

Sei que a impressão que essa história passa é que nada demais aconteceu e foi quem sabe o fato de estar sozinho em um lugar estranho que me fez ver mais do que uma simples situação corriqueira. Só que eu fui além. O brilho do olhar daquele casal já quase no fim da vida me fez refletir sobre como o passar maçante dos dias faz a gente esquecer de coisas tão básicas como a gentileza com as outras pessoas.

As intermináveis horas que passamos nas redes sociais vão grudando na nossa cabeça o conceito de que agredir não custa nada, que diminuir os outros é fácil e da prazer, que a grama do vizinho é mais verde. São poucos os de pensamentos elevados que se preocupam em disseminar algo de valia por esse mundo afora. Egoísmo e inveja são sentimentos que ninguém jamais admite sentir e quase não se da conta que os pratica com muita frequência.

Levar a vida numa vibe boa, agradecendo as menores coisas torna as coisas maiores. Nossas mentes e espíritos são exatamente como nossos corpos e isso muitos esquecem: precisamos cuidar, limpar e exercitar da mesma forma. Aprender novas coisas, conversar com pessoas de mundos diferentes, tentar todo dia ser melhor em algo.

Me entendem amigos? Uma mente que não é estimulada acaba perecendo. Um espírito que não trabalha acaba ficando pobre. E que triste a vida dos pobres de espírito, né?

como-todo-mundo-deveria-ser-dentro

Palavras amáveis, compreensão com o próximo, criticar se for pra prestar ajuda e deixar passar se não agradou. Pra que disseminar ódio se é fato que tudo que jogamos ao universo vai voltar pra gente de um jeito ou de outro? Somos tão jovens e cheios de tempo. Vamos perder tempo desmerecendo os outros?

Deixa essa ideia irreal. Joga pro mundo só o que queres que o mundo jogue pra ti. É como todo mundo deveria ser.

Paulinho Rahs




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.