ColunistasComportamentoReflexão

Como você toma decisões?

Nós tomamos centenas de decisões por dia, desde decisões simples como a roupa que vamos vestir até decisões mais complexas e importantes como onde vou aplicar meu dinheiro, como vou mudar de profissão, a compra de um apartamento, a viagem de férias e etc.



Nós tomamos decisões o tempo todo, mas como estas decisões ocorrem automaticamente, nós não paramos para refletir sobre elas. Somente quando temos que tomar uma decisão mais complexa ou importante é que nos damos conta disso conscientemente.

Tomada de decisão é um assunto que está diretamente ligado à liderança, e isso não necessariamente significa que você é o CEO da Apple, mas nos remete a quem nós somos como líderes em nossas próprias vidas.

COMO VOCE TOMA DECISÕES - FOTO 01

Decisões são sobre movimento. Decisões são a resposta para a pergunta “O que eu faço em seguida? ” Você se movimenta com o intuito de interagir, com pessoas, com o ambiente e com você mesmo.


Estamos tão acostumados a tomar tantas decisões diariamente que elas até perderam certo significado em nossas vidas. Diversas vezes não paramos para refletir sobre nossas decisões e acabamos por vezes, decidindo qualquer coisa, buscando todas as opiniões alheias possíveis ou por fim procrastinando. Parece familiar?

O interessante sobre este processo de tomar decisões é observar: o que evitamos sobre as decisões? Evitamos tomá-las? Evitamos pensar sobre elas? Evitamos tomá-las sozinhos? Evitamos tomá-las dentro do período necessário?


Dezenas de vezes estamos tão preocupados em tomar a decisão certa que não tomamos decisão nenhuma!

Diversos fatores precisam ser levados em consideração antes de tomarmos uma decisão importante, mas eu asseguro que todos nós instintivamente já sabemos como tomar decisões, a pergunta: é o que nos impede de tomá-las ou tomá-las conscientemente?

Nossos ambientes de trabalho, pessoal e até mesmo nosso relacionamento com nós mesmos nos dita que devemos sempre tomar a decisão certa. A pressão e as expectativas são enormes e muitas vezes nos impedem de ver as situações com clareza, e até mesmo nos congelam.


E quando pensamos na decisão certa, o medo envolvido é o de tomar a decisão errada, e é esse medo que nos acompanha ao tomarmos essas decisões. O que é previsível neste cenário? No cenário onde uma importante decisão surge baseada no medo? Acredito que todos temos nossas respostas individuais para esta pergunta, certo!?

COMO VOCE TOMA DECISÕES - FOTO 02

Nós seres humanos somos afogados por dúvidas e inseguranças pelo nosso medo de errar, de perder, de falhar e até mesmo de ter que recomeçar. Se buscamos tomar uma decisão livre do medo que congela, precisamos nos amparar nas qualidades que nos cercam como seres humanos. Nossa intuição, nossa experiência, nossos objetivos e nossas reflexões.


É necessário pisar fora da situação, olhar pra si mesmo e se perguntar: “Quem eu estou sendo frente à esta decisão? ”, “Que medos estão presentes? ”.

Algumas perguntas simples podem ser utilizadas para ajudar a nos manter no caminho desejado:

  • Como as coisas estão agora?
  • Qual é o meu objetivo/ O que eu quero?
  • Como eu alcanço meu objetivo? Quais opções eu tenho?
  • Quais os recursos que tenho disponíveis e o quão comprometido eu estou com esta decisão?

Buscar suporte conectando-se consigo mesmo e com pessoas ao seu redor sempre pode ajudar a transformar um pensamento em ação, alcançando seus objetivos!

Como o inconsciente coletivo atrapalha a lei da atração:

Artigo Anterior

Cure a si mesmo e cure os outros…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.