ColunistasComportamentoReflexão

Conte suas vitórias, não os fracassos!

Há coisas essenciais na vida: alimentar-se, curar-se, relacionar-se, prover-se…tudo dirigido a nós mesmos; porém algo tão essencial quanto as necessidades básicas é o autoconhecimento.



É graças a esse processo que descobrimos, ou tentamos descobrir, quem somos, o que estamos fazendo nesse passeio chamado vida e aonde tudo isso nos leva.

Filosofar sempre foi meu passatempo preferido, acho que desde criança. Lembro-me que falava comigo mesma (chamam de falar sozinha), caí em algumas armadilhas do pensamento, sim, mas aprendi a separar quem eu sou e o que eu quero das crenças adquiridas pela educação e verdades alheias.

CONTE SUAS VITORIAS - FOTO 01


Aprendi a acessar minha força interior, minha energia criativa e ultrapassei dificuldades e obstáculos; desconstruí crenças e mitos.

Todos estamos passando por este processo, cada qual a seu modo, uns sofrendo mais, outros mandando tudo às favas.

Não nego que esse processo me obrigou a certa auto exclusão social, pois a maioria das pessoas prefere a companhia de gente festiva e engraçada e eu não sou assim. O problema é que existe uma força contrária que tenta nos puxar para baixo, para dentro do buraco.

Essa força nada mais é do que um conjunto de pensamentos e crenças que adquirimos ao longo de nossa existência e /ou trazemos de outras experiências dimensionais.


Tudo aquilo que cremos torna-se real. Então por que insistimos em crer na dificuldade, na falta, na doença, nas misérias da vida se é apenas uma questão de escolha?

CONTE SUAS VITORIAS - FOTO DE CAPA E FOTO 02
Precisamos ser como  o lótus que nasce no lodo e ergue-se em busca da Luz, para tornar-se flor.

Podemos escolher a mudança, mesmo sendo um passo a passo interminável. O segredo é direcionar o olhar para nossos esforços e vitórias e não para os fracassos.


É isso o que nossos anjos da guarda fazem!

Aquele vazio que insiste em chegar…

Artigo Anterior

Me digas o que escreves que lhe direi o que o inspira…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.