Continue sendo o que você é, sem se importar com as críticas alheias.

4min. de leitura

Hoje eu abri mais uma página e foi quando uma voz interna me disse: Filha, inspire-se mais na vida e na força que vem da sua alma.



Deixe que seu coração prossiga, mesmo balançando tantas vezes, feito folha ao vento, mesmo como quem caminha por cima de uma corda bamba.

Mesmo seguindo por caminhos que não lhe trouxeram assim tanta paz e felicidade. Mas você sabe que dentro desse seu temperamento, por vezes misturado, intempestivo, doce e ao mesmo tempo rebelde, existe sempre um tempo de liberdade silêncio e renovação interna. Um tempo só seu.

As portas estão abertas para você sair, se quiser. Se quiser se manter trancada, mantenha-se longe de tudo, inclusive de si mesma. A escolha é só sua.

Ouça-se mais, e creia: tudo que aconteceu foi preciso. Não tema o seu destino. Todos passarão pelo mesmo processo. Seja de cura, seja de dor, de felicidade e entrega.


A vida prega peças, por vezes atropela, machuca, mas onde ficam os ensinamentos? Onde fica sua fé, seu querer, sua persistência em seguir com a alma erguida?

Continue sendo o que você é sem se importar com as críticas alheias, sem se importar se você não é o que se enquadra nos padrões de gente sem noção.

Você sabe que o brilho interno reflete sua essência de vida. Afaste aqueles sentimentos negativos e aqueles pontos de interrogação que não a deixam terminar a sequência de raciocínio, a sequência de desejos que você estampa no peito.

Eu sei que às vezes o coração vacila, que o ímpeto é maior do que o controle emocional. Que as tempestades deixaram certo grau de devastação interno, mas que o tempo sempre será o senhor do destino.


Você se supera, você consegue caminhar sozinha. Você não precisa de muleta, você precisa ser amada com dignidade, extensão, completude e com direito a repetir a dose de felicidade.

Hoje, ao abrir mais uma página, eu vi um céu mais claro e uma paz mais significante na alma.
Eu vi que eu não estou só. Que tenho a proteção de Deus, tenho direito às minhas escolhas e tenho o livre arbítrio.

É assim que eu sigo. Um dia mais expansiva, um dia mais calada, um dia prestando mais atenção aos pequenos detalhes que simplificam os momentos.

Mas, sem deixar de mostrar a minha capacidade de percepção e entendimento, por mais que eu me demore por dentro.

O simples é luxo. Paz é abrigo.

O bom é deixar o dia chegar e entregar-me a ele, como quem se sente amparada no colo de Deus.

Sil Guidorizzi

____________

Direitos autorais da imagem de capa: alexandralexey / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.