Depois de um banquete de amor, você jamais vai aceitar migalhas!



É possível que você ainda encontre aquela pessoa que lhe ofereça um amor tão inteiro e único ao ponto de dissolver a importância de todos os outros que você já viveu.

Pode ser que você já tenha encontrado essa pessoa e esteja com ela.  Se essa for a sua realidade, agradeça ao Universo e cuide dessa riqueza porque não acredito que você vá trombar com outro diamante como esse novamente.

Pode ocorrer, também, de esse texto cair nas mãos de alguém que já encontrou essa raridade de amor, mas, por algum motivo, o vínculo foi desfeito. Você viveu isso? Hum, então eu faço ideia de como você se sente. É fato que você sente uma profunda frustração porque, depois daquela pessoa, as outras são as outras, tantas as que passaram por sua vida, quanto as que têm surgido no presente.

Você tem a nítida sensação de que nunca mais vai viver algo gratificante com alguém. Isso porque você já experimentou viver uma profunda sintonia num relacionamento. Você sentiu, de forma plena, o que é dar e receber amor de forma inteira e transbordante. Você viveu um amor materializado, expresso sem nenhum tipo de mesquinhez.

Na verdade, aquela pessoa tornou-se o seu referencial de amor que vale a pena. Aquele relacionamento fez de você uma pessoa exigente em matéria de amor. Depois do que você viveu, nada mais te encanta, tudo ficou pequeno e insignificante.



É como ter se acostumado com um banquete e, agora se perceber diante de ofertas de migalhas. Eu entendo você, perfeitamente.

Dentro do abraço daquela pessoa você se sentia em casa, num lar cheiroso e ornamentado. Vocês se comunicavam com o próprio silêncio, se fosse necessário. Um toque na pele traduzia tudo.

Você, que era acostumado(a) a se mostrar na penumbra, experimentou a liberdade de se mostrar sob a luz de um sol arregalado. Aquela pessoa lhe apresentou belezas em seu corpo e sua alma que nem você sabia que existiam. Aquela pessoa curou tantas feridas que outros causaram em você, não é?

Por hora, agradeça por aquela graça, você aprendeu sobre o tipo de amor que merece ter e isso não tem preço.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf/ Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.