Depois que você me deixou eu nunca mais fui a mesma. Eu me tornei uma mulher melhor

4min. de leitura

Hoje sou alguém que aprendeu que amor é estar em sintonia e equilíbrio com o outro e que, se houver mentiras e traições, é apenas um romance meia-boca.



Depois que você partiu, meus sentimentos se partiram ao meio. Nunca mais eu fui a mesma. Deixei de ser aquela mulher que aceita tudo para ser mais eu. Deixei a timidez que me consumia para ser uma pessoa com iniciativa. Deixei de me partir ao meio ou me adicionar a alguém para ser inteira, intensa.

Você foi embora naquela noite de chuva fria. Nós nos despedimos ali mesmo, no meio da rua, depois daquele jantar patético que você pagou para nós dois. Até então ninguém nunca tinha me despedido sem muitas explicações e com um jeito vago.

Eu confesso que chorei por vários meses, calada, no meu canto. Ia trabalhar e voltava para casa anestesiada pela sua perda, mesmo assim não permiti que minha dor fosse maior que a minha vontade de recomeçar.


Você não sabe o quanto foi difícil levar os dias sem suas ligações, sem suas mensagens diárias e sem o seu sorriso, porém depois disso aprendi que posso sobreviver sozinha, comigo mesma.

Paguei cada centavo por tê-lo amado mais do que a mim mesma por quase duas décadas. Levei meses para me adaptar a uma rotina solitária. Perdi muitos dos nossos amigos em comum, troquei toda a decoração do apartamento e me vi renascida quando percebi que o mundo está além de você. Eu fiz de você o meu mundo, enquanto deveria ter vivido mais. Mas agora eu estou fazendo isso.

Depois que você partiu, eu comecei a me reconhecer de fato e descobri que sou uma mulher que não depende de ninguém para sobreviver, apenas dos meus esforços, da minha vontade de vencer e das minhas determinações. Então, muito obrigada por ter me feito uma mulher bem melhor hoje, mesmo longe de você.

Existe uma dor ainda estranha em mim, no entanto, isso vai passar com o tempo. Depois de você, eu nunca mais fui a mesma, porque agora eu sou melhor e me reencontrei com o amor que sinto por mim mesma, e que estava escondido atrás da minha alma desde que me anulei para viver você.


Hoje, mais dona de mim mesma e me amando por completo, eu acredito no amor, eu acredito nas pessoas, mas não acredito mais em pessoas que, como você, vivem de incertezas e deslealdades. Aprendi que, para ser mulher de fato e viver um romance que vale a pena, é preciso que haja diálogos em vez de monólogos, que carinho e atenção devem ser dados em doses homeopáticas diariamente, de ambos os lados, e que é preciso um ter interesse pela vida do outro. Realmente, estávamos vivendo vidas paralelas, longe de ser um sentimento verdadeiro.

Quando você partiu, você me fez melhor, então muito obrigada. Depois de você, eu nunca mais fui a mesma. Eu me tornei melhor. Hoje sou alguém que aprendeu que amor é estar em sintonia e equilíbrio com o outro e que, se houver mentiras e traições, é apenas um romance meia-boca. Eu não permitirei, nunca mais, ser aquela idiota de antes.

Obrigada por ter me dado asas para voar…, voar para bem longe de você para ser mais eu e me amar de verdade.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.