publicidade

Desejos que não cessam, uma mente que não pára, uma felicidade que nunca chega!

Muitas vezes, ao questionarmos para as pessoas qual seu grande sonho, elas dizem : “Ser feliz”.



A impressão que me passa é que ser feliz, para a maioria das pessoas, é sempre uma possibilidade distante, que está no futuro e que será atingida quando algum objetivo for concretizado: casa própria, carro, emprego, relacionamento, filhos etc.

Entretanto, o grande paradoxo é que, muitas vezes, ao atingirem esses objetivos, as pessoas continuam infelizes e desejando novas coisas. Há quem diga que o desejo é inerente ao ser humano.

Eu também pensava assim. Até que, quando comecei a meditar, deixei de pensar tanto e passei a sentir mais. E hoje eu diria que é inerente ao ego humano, já que, um iluminado que transcendeu o ego, não tem mais desejos.

DESEJOS QUE NÃO CESSAM FOTO 01


Como fala o Osho em ” Aprendendo a silenciar a mente ” quando estamos no futuro ou no passado, estamos identificados com a mente e, portanto, desconectados da essência.
Sendo assim, sempre que estamos projetando coisas e achando que a felicidade está no projeto e não no Ser, estamos negando o presente, a essência, o momento, a presença, o agora, a consciência.

Por isso, eu o convido a se observar nesse momento: Olhe para dentro, saia da mente, do intelecto, do projeto, do desejo, da ambição.


Silencie seu ego e escute o seu Ser. Você sentirá, nem que seja por milésimos de segundos, a imensa felicidade de estar no presente.

E, nesse momento, você não terá metas, projetos, idealizações, nem nada, você sentirá uma súbita satisfação sendo quem você é e isso, por incrível que pareça, bastará.

Com amor, leveza e alegria.

Gisela Vallin

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.