ColunistasComportamento

E é descomplicando que muita gente acaba se reencontrando…

Chega um momento da sua vida, que você percebe o quanto quer descomplicar as coisas.



Descomplicar a má relação com os pais.

Descomplicar as histórias mal resolvidas com amigos.

Descomplicar a frustração com a faculdade.


Descomplicar o amor!!

Você nota que não existe mais razão pra colocar tanto empecilho em determinados pensamentos e ações.

Começa a enxergar que quer que as coisas simplesmente fluem.

Às vezes a gente vê que algo ou alguém já não está mais acrescentando em mais nada, não te agrega, não te melhora e acaba que não faz mais falta.


Vemos que as vezes não mudar não é só um simples comodismo, é um estado natural. E não é ‘não mudar’ por puro complexo de Gabriela.

“Eu nasci assim, cresci assim e vou ser sempre assim.”

Se alguém vê que está errado e escolhe permanecer no erro, permanece ficar do jeito que está, estagnado em suas próprias falhas, eu não acredito que mereça nossa atenção. Você chega a dura, sim, não é fácil chegar a determinadas conclusões.

Mas você chega a essa dura e claríssima conclusão de que não te faz falta, porque você simplesmente, escolheu descomplicar.


E é descomplicando que muita gente acaba se reencontrando e parando de arranjar motivos bobos e dúvidas cruéis para complicar tudo! Apenas por complicar…

Comece algo agora!

Artigo Anterior

Ela escolheu não desistir, escolheu continuar, independente da força da queda!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.