É preciso descansar, respirar fundo e seguir…

3min. de leitura

O peso é grande. A dor também. Um sentimento sem controle, sem verso e sem cor. Olho para trás, a minha estrada está deserta. Na minha frente a escuridão. A flor murchou, o amor secou e em mim morreu.



Amor e dor! Flor e espinho. Morte e vida. Sentimentos de partidas. Sonhos e desejos ceifados no instante de segundos.

É preciso descansar, respirar fundo e seguir.

No desejo latente que me corrói por dentro. Ainda não sei descrever o que seria. Talvez seja o que eu ainda não sei controlar. Uma emoção forte que toma conta de mim e vibra com as batidas do meu coração.


Faltou coragem para enfrentar a dor. O medo veio junto com a Saudade. Saudade daquilo que me fez viver. Me fez crescer e me fez chegar aqui.

Eu encontrei uma saída. Busquei no fundo de mim uma resposta. Mas ainda não pude entender o que foi dito.

Me derramei em lágrimas por querer entender tudo. E de fato não havia uma explicação.  E neste desejo que me toma o corpo, me tormenta…. Cair para poder viver. Jogada no chão eu suguei o que demais tinha em mim.


Eu chorei!

Ali estava só. Mas dentro de mim uma esperança de poder entender o acaso. O fardo de não está mais aqui, entre nós.

Somente no agora eu entendi o hoje. Com essa tentativa de querer entender o que será a partir daqui. Sem festa e sem flores. Sem beijos dentro de mim.

Essa emoção que me queima. Junto com o desejo que arde por dentro. Um minuto é tempo de mais para ficar assim. Dopei os meus sentimentos. Dopei os meus gritos para me acalmar e ouvir outras vozes.

Só escuto o silêncio. E neste silêncio eu tenho a certeza de que preciso seguir caminhando. Por mais que a caminhada ainda me quase dor. Me vem uma sensação de acalento e um alívio por estar aqui. Descansando dentro do meu eu para seguir o caminho.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.