5min. de leitura

ELE NÃO SABE, MAS ELA MUDOU…

Ele acha que tem o dom do convencimento, que apenas lábia e um pouco de senso de humor bastam para convencer alguém. Ele também é adepto do “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”, em outras palavras vence no cansaço. Ele até convence, depois de certo esforço, e algumas técnicas de psicologia barata. O problema é que ele esqueceu que não basta convencer, o importante é manter, cativar dia a dia.



Ele acha que conquistar é adquirir posse e autoridade sobre o que é conquistado, mas ai é que ele se engana. Quando falamos de pessoas, isso não é válido. Pessoas precisam de respeito e consideração.

Ele acha que dizer ”eu te amo”, apaga todas as marcas ruins do passado, e que sendo assim ela voltará correndo para seus braços. Mas ele não se tocou que o tempo passou e que outras pessoas passaram em sua vida, algumas agiram da mesma forma que ele, outras, porém a cativaram…

Ela aprendeu que “nem tudo que brilha é ouro” e que palavras de nada adiantam se não vem acompanhadas de ações. Enquanto ele achava que ela sofria, ela tirava a lição dos fatos ocorridos.


Enquanto ele acha que ela está sozinha porque ainda o ama, ela está vivendo um dia de cada vez, vivendo o momento, sempre na esperança de encontrar alguém que realmente valha à pena. Ela com o passar do tempo ficou mais exigente, e sabe que um homem de verdade não é tão fácil assim de se encontrar.

Sendo tão criteriosa ela pode até correr o risco de ficar sozinha, mas sendo assim ela sabe que vai ser valorizada, pois com o tempo ela também descobriu o valor que tem e sabe que não se achou no lixo, por isso não está disposta a desperdiçar a sua vida num relacionamento onde ela não pode ser ela mesma, onde os seus planos e sonhos são deixados de lado em detrimento do bel prazer e machismo dele.

Hoje ela tem a certeza de que a vida é feita de pequenos momentos e das lições de todos os dias…


Hoje ela sabe que a maior e verdadeira felicidade é a consciência que se tem de si e que uma mulher realmente feliz é aquela realizada, que se acha linda, que tem amigos, que valoriza a família, que trabalha e a partir do trabalho obtém reconhecimento… Ela sabe o valor de estar viva, e aproveita cada minuto como se fosse o último. Ela sabe também oferecer a cada pessoa o que cada uma merece de fato, além disso, sabe o que esperar delas e isso vale também para os relacionamentos amorosos… Ela sabe a diferença entre paixão e amor, de afeto e prazer e o melhor de tudo é que ela está disposta a viver tudo isso…

Contudo, hoje ela sabe exatamente o que ela quer e da mesma forma o que ela não quer, e com certeza ele é passado e não está nos seus planos do presente e futuro!

Mas mesmo assim muito obrigada por tudo!

 

Bibiana Zaparolli

Desde muito cedo começou a escrever suas visões de vida e sobre situaçõesbibiana perfil

cotidianas. Com a formação acadêmica em Jornalismo, a escrita passou a estar mais

presente no seu dia-a-dia de forma profissional. Porém, falar sobre pessoas, e sentimentos que as comentem, de forma não jornalística, continuou fazendo parte do seu repertório.

Somente com o início dos estudos terapêuticos, pode escrever com mais propriedade e entendimento sobre as relações humanas.

A Jornalista Bibiana Zaparolli é Terapeuta Holística, formada pela Associação Brasileira de Estudos do Sentir.

Você sabia que O Amor está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.