ColunistasRelacionamentos

Em um relacionamento abençoado por Deus, não existe “eu ou ele”, existe “nós”

hannah olinger eNZayb kkvE unsplash

Nenhum incêndio acontece por acaso. Se há fogo, é porque houve faíscas em lugares de risco, e elas surgem de várias maneiras.



Se há conflitos, é porque houve uma semente amarga plantada, e se há desconfiança, é porque houve algo que a despertasse. Há sempre uma razão em alguma coisa. Não estou dizendo que é correto ter ciúme excessivo, mas há um motivo em cada situação que precisa, além de ser levada em conta, ser ajeitada de maneira sábia.

É claro que algumas pessoas já têm certo desequilíbrio emocional gratuito e perigoso, e precisam ser ajudadas, precisam se tratar, precisam ser compreendidas e acolhidas em nossas orações e atenção também.

Mas há muitas pessoas hoje em dia que estão infelizes, sofrendo, sendo taxadas como desequilibradas e doentes, quando na verdade são vítimas do descuido afetivo do outro, do tropeço, do engano, da mentira, da sua falta de respeito e fidelidade. Gente, o amor  é lindo, sim, é o sentimento mais nobre e verdadeiro do Universo. É forte, e sofredor também.


Quem ama sofre junto, porque abraça as lutas e a dor do outro. Quem ama protege e não se acha superior ou dono do outro.

Quem ama caminha junto, respeita e sabe exatamente o que é bom para o outro. Quem ama não afronta, não humilha, não agride, não ofende nem a moral nem os valores do outro. Quem ama defende o outro, em vez de lançá-lo no fogo e tirar o corpo fora. Quem ama vê defeitos, mas não os prioriza, porque o amor é maior que tudo.

Quem ama não expõe o outro, não é ingrato à história que construíram juntos, não faz de conta, bancando de gente certinha para os mais chegados quando, na verdade, entre quatro paredes tem desprezado o outro e ignorado totalmente o seu coração.

Quem ama senta e conversa, não dá ordens, não impõe, não coloca o outro como culpado de tudo. Quem ama não quer perder, falo isso sempre, e repito quantas vezes forem necessárias, porque não há crise alguma que destrua uma relação, quando ambos se respeitam.


Em um relacionamento abençoado por Deus, não existe “eu ou ele”, existe o “nós”, e a vontade de ambos se torna uma.

 

Publicado originalmente em Cecilia Sfalsin.


Suas preces silenciosas fazem barulho no Céu e movem o coração de Deus. Creia! Ele honrará a sua fé!

Artigo Anterior

Oração a Santa Marta para curar um coração partido e trazer o seu amor de volta

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.