publicidade

Entre a paixão e o amor, escolha amar apaixonadamente!

Existem dois tipos de pessoas, as que escolhem viver paixões e as que escolhem viver o amor.



Algumas confundem a paixão com o amor, mas é bem possível diferenciar um do outro.

Enquanto o amor é uma escolha da maturidade, que nasce, cresce e constrói, a paixão é fogo que, se descontrolado, quase sempre, destrói.

Amor é a escolha que se faz quando se pode ir e se decide ficar, não pelo desejo da carne, mas porque lugar nenhum do mundo é completo, se falta aquele que se ama.

Amor é escolher consertar e não jogar fora. Paixão tem tempo contado e não se demora.

Amor é ficar junto no barco à deriva. Paixão é abandonar a embarcação e deixar o outro sozinho para salvar a própria vida.


O amor pode ser apaixonado. A paixão se fantasia de amor e mantém o outro preso e enganado.

Você sabe que é amor quando se enfrenta junto à tempestade. A paixão foge mostrando sua fragilidade.


Você sabe que é amor quando aprende a ceder e a pensar no “nós” em não apenas no “eu”.

Amor é entender que agora é o “nosso” e não apenas o “meu”.

A paixão não se banca sozinha, ela precisa de marcação cerrada, ela vive desconfiada pensando em traição.

A paixão requer a presença constante para sua satisfação.

A paixão é desejo, o amor é coração.

Amor é confiança, segurança, coragem.

A paixão e volúpia e libertinagem.

O amor é a verdade que supera a mentira e a malandragem.

E uma hora ou outra a vida nos convida a uma decisão: amor ou paixão?

Toda escolha é uma renúncia, todavia, escolher o amor não significa renunciar à paixão e sim às várias paixões que a vida pode proporcionar.

Escolher o amor também nem sempre significa uma vida toda ao lado de quem se ama, pois o amor se transforma e nem sempre se precisa dividir a mesma cama.

Existem amores que duram uma vida inteira sem que os amantes jamais se vejam, porque amor não significa estar junto em corpo, mas em alma e em coração.

Esse é o amor que vive com a saudade na espera de se viver junto na eternidade.

Você sabe que é amor quando você liberta porque entende que a felicidade de quem você ama nem sempre pode estar ao seu lado. 

Este é amor mais sagrado.

O amor é um sentimento seu e você o oferece ao outro e jamais vai força-lo a aceitar, pois, ao contrário da paixão, o amor não suporta imposição.

Quem me lê julga que se apaixonar é de todo ruim. Jamais.

A paixão é movimento, energia que balança a pasmaceira e agita a vida.

A intensidade da paixão é combustível para apimentar o amor afastando a rotina e dando alegria ao dia a dia.

Ame, porque o amor alimenta a esperança na vida, mas ame apaixonadamente!

________

Direitos autorais da imagem de capa: klublub / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.