publicidade

Espírito livre, coração preso…

Leia ouvindo: Lincoln Jesser – We’ll Be Fine



Amante da liberdade, apaixonada por emoções. Espírito livre, coração preso.

Não é fácil se acostumar com despedidas, nem apertos do lado esquerdo do peito. Para muitos faço parte do grupo dos desapegados, mas poucos sabem a preciosidade que guardo no peito. Aprendi a seguir em frente, mesmo quando a minha vontade era ficar. Ouvir “nãos” sempre fez parte da minha caminhada, mas não era exatamente isso que importava.

Nunca gostei de nada que me sufocava, de relacionamentos a roupas apertadas. Sempre gostei de sair sem rumo e voltar para o meu porto seguro. Desbravar mares e rios com coração valente. Passar temporadas fora de casa, mas ter a minha cama preferida para voltar. Talvez eu não seja raiz, mas semente que voa com o vento. Crio raízes depois, para brotar e recomeçar o ciclo.

ESPIRITO LIVRE CORAÇÃO PRESO - FOTO DE CAPA E DE DENTRO


Para os desavisados, os desapegados também sentem. Muito ou pouco, mas sentem. Tenho as mesmas dores que você, mas a grande diferença é que os meus desejos estão acima de qualquer limite. Não é egoísmo puro, é só viver sabendo que nada é para sempre. Somos  bonitos ciclos vivendo em um mundo de caos.

O coração e as lembranças são tudo que eu levo agarrado ao peito. Em bagagem pesada a vida te cobra pelos pesos extras. Adianta carregar pedras e se esquecer das flores? Não. Resposta curta e direta.


O que temos hoje é o sentimento de liberdade, e não ela presente no nosso dia a dia. Queremos um padrão, não nossas reais vontades. É mais difícil viver em sociedade do que imaginamos. Tudo é manipulado, dizem que você nasce livre mas te jogam na prisão dos padrões. Ser diferente não é normal!

É sempre muito ruim ser julgado, mas é o que tem para hoje e vai ter para amanhã. O importante é sempre lembrar que aquilo que você é, ninguém pode ser. Suas ideias, seus pensamentos, seus sentimentos, seu apego ou desapego. Você é tudo aquilo que sente, não o que é visto de fora.

Existe o lado bom e ruim das situações. Existe o lado bom e ruim das pessoas. Ninguém é perfeito, nem desapegado, nem livre, nem quadrado. Somos aqueles do coração pregado ao peito e para sempre prisioneiros de sentimentos.

Baixe o aplicativo do site O Amor e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Amor. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.