Estabilidade emocional: a fonte da materialização dos nossos sonhos

3min. de leitura

Todos nós somos feitos de uma matéria física, racional e emocional. Porém, só nos lembramos de duas destas matérias quando se trata de alcançar o pleno de realização pessoal e desenvolvimento profissional. Adivinhem quais são?



Exato! Matéria física e racional. E não nos lembramos que a parte emocional é a mais importante das três, porque é ela que nos leva ao nosso Éden sonhador, que nos permite atingir os nossos objetivos na vida.

A razão da instabilidade emocional deriva do fato de não alertarmos a nossa consciência, o nosso pensamento sobre as coisas boas que a vida oferece e o que ainda estão por vir.

Treinar a nossa mente e conseguir dominar os pensamentos que ela transmite sob a forma encapotada de positivismo requer um esforço diário; mais precisamente 21 dias.

Sim! Diz a ciência que são precisos apenas 21 dias a treinar um hábito para que, ao fim desse tempo, a nossa mente tome como adquirido que, de fato,  aquele comportamento é normal. E então, passa a funcionar como nossa aliada na materialização dos nossos sonhos, apoiando-nos na ultrapassagem dos nossos limites e obstáculos.


Desenvolver a parte emocional é fundamental para equilibrar os pensamentos numa primeira fase para depois inundar a mente de positivismo e realismo objetivo: o foco.

Se a parte emocional for trabalhada com seriedade e compromisso, a nossa consciência vai alcançar um patamar de desenvolvimento pessoal único, forte e especial.

Reprogramar a mente e direcionar os nossos sentimentos e pensamentos para o que de fato queremos, depende do trabalho que estamos dispostos a fazer para a disciplinar, fazendo dela nossa aliada e não nossa adversária.

A mente nos mente, todos os dias. Cabe-nos transmitir-lhe que somos vencedores, fortes e que nada nos derruba, apesar dos contrários que ela nos quer fazer crer.

Adquirir a estabilidade emocional e com ela desenvolver a parte intelectual nesse sentido, vai melhorar a nossa performance pessoal e profissional, e, com isso, será mais fácil, aos poucos, desbravar o caminho de pedras que até então estava no nosso trajeto.



Direitos autorais da imagem de capa: Anete Lūsiņa / Unsplash

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.